Ex-Miss Bumbum faz enxerto no rosto para cobrir falhas de síndrome rara

Há seis meses, a modelo Dai Macedo foi diagnosticada com Parry-Romberg, doença que degenera progressivamente os tecidos e ossos do rosto

Por O Dia

Ex-Miss Bumbum sofre de síndrome rara que degenera a pele e os ossos Reprodução Instragram

São Paulo - Portadora da síndrome rara Parry-Romberg, a eleita Miss Bumbum Brasil 2013, Dai Macedo, de 28 anos, se submeteu a uma cirurgia no sábado, em São Paulo, para preencher as falhas do rosto com gordura retirada do próprio joelho. O procedimento cirúrgico foi um sucesso e Dai já está em casa, como ela contou no Instagram.

Ao iG, a modelo e atriz disse que a recuperação deve ser rápida e ela pretende estar de volta aos ensaios da peça que está participando já na próxima semana. Em repouso, Dai está em tratamento com remédios, em que não pode beber, engravidar, tomar anticoncepcional ou qualquer tipo de hormônio.

Apesar disso, a síndrome não tem cura ou medição para saber se está paralisada em algum estágio, então Dai terá que ficar atenta e se submeter a diversas outras cirurgias caso ela continue se manifestando. Apenas 1 em cada 700 mil pessoas são portadoras da síndrome, que degenera progressivamente os tecidos e ossos do rosto e se manifesta principalmente em mulheres com cerca de 25 anos.

Últimas de Celebridades