Barão do pornô oferece US$ 1 milhão para Miss Colômbia estrelar filme

Steve Hirsch diz que pode fazer de Ariadna Gutierrez a 'nova Kim Kardashian' e que ela poderia escolher parceiros de cena

Por O Dia

Rio - Um dos barões da indústria pornográfica, Steve Hirsch, fundador e CEO da Vivid Entertainment, ofereceu cerca de US$ 1 milhão para a Miss Colômbia Ariadna Gutierrez, protagonista de uma gafe histórica na edição 2015 do Miss Universo, realizado no último domingo em Las Vegas, estrelar filmes pornográficos.

LEIA MAIS: Após erro, candidata das Filipinas é eleita a Miss Universo 2015. Assista

LEIA MAIS: Famosas contam como reagiriam no lugar da Miss Colômbia

Miss Colômbia Ariadna Gutierrez recebeu proposta para participar de filme pornôDivulgação/Miss Universe

Na carta endereçada a Ariadna, ele diz que ela poderia escolher os parceiros, o tipo de sexo e a quantidade de filmes em que ela gostaria de aparecer. Hirsch observa que as “fitas de celebridades que distribuiu lançaram as carreiras de gente como Kim Kardashian, Kendra Wilkinson, Pamela Anderson, entre tantas outras”.

A Vivid Entertainment é uma empresa especializada em produzir paródias pornográficas de filmes e figuras célebres da cultura pop. Na expectativa de convencer Ariadna, Hirsch disse, ainda, que ele “ia estabelecer a primeira rainha da Vivid e que acreditamos que essa coroa será maior do que qualquer coisa que a Miss Filipinas possa eventualmente usar”.

Últimas de Celebridades