Mara Maravilha critica gays em programa de TV: 'Aberração'

Apresentadora ainda defendeu o deputado Marco Feliciano

Por O Dia

Rio - Mara Maravilha participou do programa "Morning Show", exibido pela Rede TV, na manhã desta segunda-feira e fez muitas declarações polêmicas durante o programa. Mara defendeu o deputado Marco Feliciano ao dizer que acredita na "cura gay". A apresentadora ainda chamou os homossexuais de "aberração".

"Eu não acho bonito um casal hétero se atracando, agora imagina duas mulheres ou dois homens, não acho bonito. Tem muitos pais que não concordam com essa aberração. Mas se acontece de eu presenciar uma cena dessas, eu não vou fazer baixaria. Eu simplesmente me retiro. Defendo a democracia, a liberdade de expressão ", afirmou.

Ao ser perguntada sobre a "cura gay", proposta pelo pastor Marco Feliciano, Mara Maravilha disse que acredita na "cura do impossível". "Eu acho que ser gay é uma opção, é uma escolha. Essa cura pode ser mental, espiritual, depende da forma. Eu mesma já vivi vários tipos de cura na alma", afirmou.

"Eu, particularmente, gosto muito e respeito muito o pastor Marco Feliciano. Eu acho, assim como ele, que todos nós podemos ter as nossas opiniões. Tá faltando uma democracia. Tem que se respeitar o gay, mas tem que respeitar também a opinião de quem não pensa igual a eles."

Mara Maravilha critica gays em programa de TVReprodução Vídeo


Últimas de Televisão