Segunda temporada de ‘Longmire’ chega ao A&E

Lou Diamond Phillips, o Henry Bear da série, revela as novidades da atração

Por O Dia

Rio - Mistério, crime, tensão e, quem sabe, algumas respostas. É o que os fãs da série ‘Longmire’ podem esperar da segunda temporada da atração, que estreia neste sábado, às 20h, no A&E.
Lou Diamond Phillips (o eterno Ritchie Vallens, de ‘La Bamba’), que interpreta o índio cheyenne Henry Bear no seriado, declara sua paixão pela trama. 

Lou Diamond Phillips em cena com Robert TaylorDivulgação


“Desde a primeira vez que li o script, pensei que aquela era uma das melhores histórias que eu já havia lido. Todos os anos, vejo roteiros sobre policiais, advogados, médicos, mas ‘Longmire’ é uma história realmente única e original”, garante.

Se na primeira temporada o assassinato de Martha, mulher do xerife Walt Longmire (Robert Taylor), se mantém um mistério, a segunda promete revelar ao público detalhes sobre o caso, e Henry será uma parte importante nesse processo. “O público verá mais da amizade entre Henry e Walt, que é incrivelmente forte. Henry será coordenador da campanha de reeleição de Walt ao posto de xerife e se envolverá bastante na investigação do assassinato de Martha”, adianta Lou Diamond.

Acostumado a interpretar papéis étnicos, o ator diz que cada personagem é um universo para ele. Para interpretar Henry, Diamond resolveu viajar, por conta própria, para uma comunidade cheyenne em Montana, nos Estados Unidos, e conhecer o chefe da tribo e o estilo de vida do povo.

“Sou filipino, mas tenho ascendência irlandesa, escocesa e turca. Já interpretei um porto-riquenho, um cubano, um boliviano e acabo de fazer um chileno. Já fiz uns 12 norte-americanos nativos e cada um era de um jeito. Não é só fazer um índio, o que é muito genérico. Quando represento uma cultura na tela, estou levando essa cultura a um grande público. Sou responsável e tento respeitar cada uma”, conclui.

Últimas de Televisão