Jackeline Petkovic comanda o ‘Plantão Animal’ na RedeTV!

Programa revela tudo o que acontece em hospitais de pets

Por O Dia

Rio - Jackeline Petkovic era ainda uma menina quando estreou no programa ‘Fantasia’, do SBT, em 1997. O desempenho da lourinha agradou tanto que Silvio Santos a escalou para comandar o infantil ‘Bom Dia & Cia’, de 1998 a 2003. Aos 35 anos, a apresentadora admite que tem saudades do sucesso daquele tempo, mas garante estar focada na nova fase da carreira, que começa hoje, às 16h30, com a estreia do ‘Plantão Animal’, na RedeTV!.

“Foi uma época maravilhosa da minha vida. São lembranças que moram em meu coração. E como tudo na vida tem a sua hora, esse é um novo momento. Fiz minha história com o infantil e agora estou dando continuidade à minha trajetória”, diz Jackeline, que emenda: “Amo ser apresentadora e sinto que nasci para fazer isso. É o que eu amo, poder entrar na casa das pessoas para levar entretenimento, alegria e muita emoção. A diferença é que agora não vou falar somente com as crianças e, sim, com a família inteira.”

Jackeline Petkovic diz que estava à espera do programa certo para voltarDivulgação

No ‘Plantão Animal’, ela vai mostrar o que acontece nos hospitais veterinários sem fins lucrativos, abertos 24 horas, e contar a história dos pets e seus donos. A ligação com os bichos vem da infância. “Eu sempre gostei de animais. Quando era pequena, sempre tive bichinhos de estimação, e lembro que eu acordava bem cedo só para assistir a um programa na TV que falava de animais. E olha que nessa época o programa era bem cedo mesmo e só passava nos fins de semana. Acordava, ficava ali vendo e nem piscava”, conta a loura, que já teve de tudo: periquito, pato, cachorro, gato, cavalo. “E até uma ovelha que ficava no sítio da minha avó”, completa.

Fora do ar há dois anos, Jackeline teve curtas passagens pela CNT, Rede Brasil e ClicTV, comandando programas de games. Na RedeTV!, em 2006, já tinha apresentado o ‘Insomnia’. Mas a apresentadora afirma que estava à procura do programa certo para voltar à TV aberta.

“Na verdade, fiquei afastada por opção esses dois últimos anos, não deixando de fazer algumas aparições como convidada em alguns programas. Prefiro aguardar a hora certa do que fazer algo por fazer. Acho que para estar à frente de um programa é preciso se identificar com o assunto abordado. Tem hora para tudo, e a minha hora chegou. Estou voltando com um programa que é a minha cara, abordando um assunto que eu adoro”, diz. 

Últimas de Televisão