Sucesso na Carreira: Demissão às vésperas de se aposentar

A vontade de realizar, a capacidade de trabalhar em equipe e o entusiasmo são os principais fatores percebidos no candidato pelo entrevistador na contratação

Por O Dia

Rio - Além da experiência e da capacidade técnica, que comportamentos são observados pelo entrevistador no momento da entrevista de seleção? A vontade de realizar, a capacidade de trabalhar em equipe e o entusiasmo são os principais fatores percebidos no candidato pelo entrevistador na contratação.

Por meio deles, o eventual empregador vai descobrir se o pretendente à vaga é capaz de dar bons resultados para a empresa, de cooperar com os colegas e se tem ambições e meta profissional. Essas características, futuramente, vão representar ganhos e outras vantagens para a empresa. Veja algumas dicas para se sair melhor nas entrevistas de seleção.

Pergunta e resposta

“Faltam só quatro anos para me aposentar e fui demitido após 18 anos. Mesmo falando que preciso de colocação no mercado pelo menos até a aposentadoria, não tenho sucesso nas entrevistas. O que fazer para conseguir a vaga?” Leonel, Tijuca

Olá Leonel! Para começar você está se apresentando de maneira a afastar prováveis interessados em seus serviços. Imagine, como empregador, admitir para os quadros da empresa alguém cujo único objetivo é se aposentar? É importante entender que em processo de contratação precisa ocorrer troca entre a firma e o contratado.

Ao admitir um profissional, a empresa oferece salário e benefícios e espera dele, preparo, dedicação, empenho e vontade de crescer. Mas na visão da empresa, seu discurso durante as entrevistas apresenta como principal interesse trabalhar alguns anos tendo como meta a aposentadoria, o que deixa transparecer que seus interesses pessoais se sobrepõem aos profissionais.

Mas o pensamento fixo na aposentadoria pode estar formando barreiras que diminuem seu entusiasmo e a segurança em sua capacidade profissional, o que eventualmente, pode ser percebido na entrevista. Para abrir portas, vale a pena alimentar o entusiasmo, rever o discurso, mostrar seu lado profissional e o conhecimento na área, e ver a aposentadoria não como principal meta. Comportamento mais profissional na conversa com o entrevistador ajudará a encontrar desejado trabalho. Boa sorte!

Janaina Ferreira é coach e professora do Ibmec

Últimas de Economia