Evento em Niterói terá 14 mil imóveis à venda

Encontro neste sábado e domingo manterá as mesmas condições de financiamento oferecidas pelo Feirão da Caixa

Por O Dia

Rio - Mais de 14 mil imóveis estarão à venda hoje e amanhã em um feirão imobiliário promovido pela Caixa Econômica Federal em Niterói. As unidades que serão oferecidas são novas e usadas e os preços começam em R$112,9 mil.

De acordo com o banco, quem comprar um imóvel na Feira Imobiliária do Centro Leste Fluminense encontrará as mesmas condições de financiamentos que foram oferecidas no Feirão da Casa Própria que ocorreu no Rio em maio.

Evento será hoje e amanhã no Clube Canto do Rio%2C em NiteróiReprodução Facebook

O evento acontece na sede do Clube Canto do Rio, no Centro de Niterói. Hoje as atividades vão de 10h às 18h e amanhã, acontecem das 10h às 16h. Vinte construtoras vão participar da feira com seus estandes montados no local. Haverá um correspondente imobiliário e uma imobiliária também.

Os imóveis (casas e apartamentos) que serão vendidos ficam em Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá, Arraial do Cabo, Nova Iguaçu, Rio e Duque de Caxias. O mais barato é em Itaboraí e custa R$112,9 mil. Já o mais caro fica em Niterói e o preço é de R$ 12 milhões.

Documentos necessários

É preciso levar documentos para dar entrada no financiamento em condições facilitadas pela Caixa. A lista é: identidade, CPF e comprovante de renda. O Canto do Rio fica na Rua Visconde de Rio Branco 701, no Centro de Niterói. Mais informações no 0800 7260 101.

A Caixa começou ontem, em três cidades, a segunda e última rodada do Feirão da Casa Própria 2017. Até amanhã, serão oferecidas 30.377 unidades novas e usadas, em Brasília, Curitiba e Fortaleza. Realizado em parceria com construtoras, correspondentes imobiliários e imobiliárias, o feirão reúne em um só lugar milhares de ofertas de imóveis e a opção de financiamento.

A primeira etapa do evento este ano ocorreu em 11 cidades, inclusive o Rio, entre 26 e 28 de maio. Na ocasião, segundo a assessoria da Caixa, foram fechados R$ 10,2 bilhões em negócios. Segundo o banco, não há uma estimativa de valor em fechamento de negócios para esta segunda rodada.

Últimas de Economia