Estado paga hoje salários atrasados de maio e junho para os servidores

Crédito será feito após o expediente bancário nas contas dos funcionários

Por O Dia

Rio - O governo do estado informou que pagará ainda hoje os salários de maio e de junho dos servidores que não receberam os dois meses. O crédito será feito após o expediente bancário nas contas dos funcionários.

Segundo a Secretaria Estadual de Fazenda, os dinheiro da venda da folha de pagamento, pouco mais de R$ 1,3 bilhão, foi repassado agora à tarde pelo Bradesco, vencedor do leilão.

De acordo com o governo, amanhã será pago também os salários referentes ao mês de julho para os servidores que ainda não receberam. Fica em débito o 13º salário do ano passado. 

Faltam receber maio 126.394 vínculos, em um total de R$ 418 milhões líquidos. E junho tem que ser pago a 259.826 pessoas, em um total de R$ R$ 569 milhões líquidos. Já a folha líquida de julho é de cerca de R$ 1,6 bilhão para mais de 400 mil.

Governa pagará bolsas de estudo atrasadas nesta semana

A Secretaria de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social anunciou que paga, nesta segunda-feira, as bolsas atrasadas referentes aos meses de maio e junho da Faperj, das universidades estaduais (Uerj, Uenf e Uezo), do Cecierj e do Hospital Pedro Ernesto. Ao todo, serão depositados cerca de R$ 40 milhões nas contas dos alunos. Após o depósito, o prazo para o dinheiro estar disponível é quarta-feira.

As bolsas referentes ao mês de julho devem ser quitadas até a próxima sexta-feira, normalizando o pagamento no estado.

"O pagamento de salários, bolsas e serviços sempre foi nossa prioridade. Trabalhamos junto ao governo demonstrando a necessidade de usarmos esta verba com nossos servidores e bolsistas. Agora, podemos dar sequência ao nosso planejamento, projetando a normalização de todos os serviços, como universidades e cursos de qualificação profissional", comentou o secretário da pasta, Gustavo Tutuca.


Últimas de Economia