Qual o caminho? Túlio Maravilha encara mistérios e polêmicas rumo ao gol mil

Projeto por marca histórica continua incompleto. Jogador aguarda contatos e se envolve em polêmica após pegadinha

Por O Dia

Rio - A caminhada de Túlio Maravilha atrás do seu milésimo gol continua. No entanto, com complicações. Com 999 gols na carreira, segundo sua conta pessoal, o atacante ainda não conseguiu alcançar a marca dos sonhos. Recentemente, ele acertou com o Botafogo um projeto para marcar o milésimo com a camisa alvinegra. À época, ele tinha 993 gols. Após críticas e desencontros, ele deixou o clube e foi para o Vilavelhense. A saga de Túlio virou até piada para um programa humorístico, o que acabou provocando a ira do atleta.

Mesmo após trauma no Botafogo, Túlio ainda sonha com milésimo golReprodução Internet

Túlio não desiste do sonho e planeja marcar o milésimo até o fim do ano. O gol 999 foi marcado com a camisa do Vilavelhense, mas o atacante está de saída do clube. Ele alegou atraso salarial e agora aguarda contatos para fechar com um novo clube e realizar o desejo de fazer o gol especial. Após o afastamento, o convívio foi com uma nova polêmica. Vítima de uma pegadinha de um programa humorístico do Espírito Santo, Túlio se deparou novamente com os questionamentos sobre a veracidade de sua conta pessoal rumo ao milésimo e acabou se alterando e xingando o autor da brincadeira.

PROJETO EM ALTOS E BAIXOS

No dia 22 de agosto de 2012, o atacante fechou com o Botafogo o projeto "Túlio a mil - 7 gols de solidariedade", que consistia em jogar pelo Alvinegro em amistosos para marcar o milésimo. Túlio chegou, foi apresentado e recepcionado com festa, fez dois jogos sem conseguir balançar as redes e apenas em janeiro deste ano conseguiu fazer os dois primeiros gols no retorno ao Glorioso, num amistoso contra o Rio Branco de Campos. Após o fato, Túlio voltou a aparecer bem no amistoso da equipe do Botafogo Sub-23 e marcou mais três gols, ficando a dois do milésimo.

Quando as coisas pareciam ir bem, o caminho mudou. Insatisfeito pela demora do clube em marcar amistosos, o jogador acabou deixando o Botafogo. A triste saída fez com que Túlio fosse deixando clara sua decepção com o presidente Maurício Assumpção. Segundo o atleta, a diretoria alvinegra não se importou com o projeto e chegou a fazer pouco caso do grande sonho de um dos grandes ídolos botafoguenses.

Túlio Maravilha apelidou o seu gol número 999 como "Gol Moqueca" em homenagem ao Espírito SantoDivulgação

Fora do Botafogo e claramente descontente com o ocorrido no clube carioca, Túlio só voltou a emplacar o projeto pelo milésimo no mês de junho. Após uma negociação envolvendo gestores do Vilavelhense e o jogador, o atacante firmou sua ida para o clube do Espírito Santo, onde projetou completar a saga dos 1000 gols. Mesmo com a empolgação no novo clube, apenas dois meses depois de anunciar a chegada ao Vilavelhense, Túlio conseguiu marcar novamente. O gol 999 ocorreu na partida contra o Linhares, vencida por 2 a 1 pela equipe do craque.

O gol nomeado de moqueca firmou ainda mais a empolgação do atleta, que chegou a projetar a possibilidade de marcar o milésimo de bicicleta. No entanto, mais uma vez o projeto foi interrompido. Alegando atraso salarial, Túlio resolveu deixar o Vilavelhense. Agora de férias, o jogador garante que segue estudando propostas para fazer o gol mais esperado da carreira. No entanto, a demora pela marca histórica acabou provocando uma situação polêmica e inusitada para o jogador.

O programa "Jornal Comédia a la carte", do Espírito Santo, não perdoou a demora pelo milésimo gol de Túlio. Após a saída do jogador do clube local, apresentadores resolveram fazer uma brincadeira com o jogador. Um dos integrantes da atração ligou para o atacante fingindo ser um empresário de um time de bairro querendo contratar o jogador para fazer o milésimo pela sua equipe. Durante a conversa, o humorista começa a provocar o centroavante, afirmando que ninguém acredita que ele tenha feito os 999 gols até o momento. Túlio ficou irritado e acabou xingando o comediante. Nova polêmica no projeto pelo milésimo gol de Túlio.

Em geral, mesmo com os problemas com o Botafogo e com a polêmica do "trote", o atacante vai seguir com o seu objetivo pelo número histórico. Sem clube, Túlio Maravilha aguarda o contato de alguma equipe para, finalmente, conseguir chegar à marca dos sonhos que apenas Pelé e Romário conseguiram alcançar.

Últimas de Esporte