Neymar defende o pai e critica cartolas do Santos: 'De saco cheio desta balela'

Craque reclama das acusações de Laor, ex-presidente do clube, e lembra do caso Ganso, que foi jogar no time rival

Por O Dia

A novela em torno da ida de Neymar para o Barcelona teve mais um capítulo nesta quarta-feira. O jogador usou o Instagram para tornar pública sua posição sobre o assunto. Ele demonstrou descontentamento com as declarações do ex-presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, conhecido como Laor.

Neymar faz críticas aos dirigentes do Santos e diz estar cansado do tema envolvendo sua ida para o BarçaAndré Luiz Mello / Agência O Dia

O dirigente chamou o pai do atleta (que também é seu empresário) de "sem caráter imperdoável" e de "cafajeste", por ter negociado o jogador às escuras com o clube catalão, e supostamente ter lesado o Alvinegro Praiano. Ele também pediu esclarecimentos da negociação.

Segue abaixo a publicação de Neymar:

"Mais uma vez estou tomando a liberdade de falar em um assunto que já passou dos limites... Hoje eu entendo o meu irmão PAULO HENRIQUE GANSO de não ter ficado no Santos, não foi porque ele não gostava mais do clube e nem queria jogar no Santos, foi sim por causa da diretoria !! Sempre respeitei todos eles e fui muito profissional.. Estou totalmente decepcionado com o ex presidente LAOR e o atual ODILIO .. Principalmente o LAOR que sempre o tratei com o maior carinho e admiração, hoje se foi tudo com o que ele disse a respeito do meu PAI .. To de saco cheio dessa balela, ta enchendo o saco tanta falação !! Se ele pensou que meu Pai era burro, se enganou muito !! Sou fã e continuo sendo do meu Pai por ter me colocado onde estou e se ele ganhou milhões, qual o problema ? .. Ele trabalhou e não ficou esperando nada cair do céu.. Agora deu né .. Desculpa torcida Santista, mas não vai ser por causa de "duas ou mais pessoas" que meu carinho pelo SANTOS FUTEBOL CLUBE vai mudar.."

Últimas de Esporte