Brasília em momento diferente

Equipe da Capital passa por fase irregular no NBB

Por O Dia

Rio - Tricampeão, o Brasília passa por um momento de reconstrução e enfrenta dificuldades no NBB 7, com duas vitórias em sete jogos. Referência do time, Guilherme Giovannoni explica a fase do clube:

Brasília está vivendo uma fase irregularDivulgação

“Tem sido difícil. Além da falta de entrosamento, tem lesões e o problema do americano (Hobson saiu de Brasília) que não se adaptou. Tivemos uma semana boa de treinamento, um ganho de entrosamento, tem a inserção do Fred, que vai dar uma mão boa. Estamos desfalcados, Arthur não está jogando e sem americanos. Isso atrapalha. Mas é preciso paciência. O campeonato é longo e podemos nos recuperar”, disse o ala-pivô. Hoje, o Brasília recebe o líder Limeira, às 20h:

“Vamos tentar fazer o nosso melhor jogo. Tivemos uma semana produtiva. Limeira vem de derrota até surpreendente em casa, eles estavam invictos. É uma equipe bem treinada, entrosada e com grandes jogadores, mas sabemos que temos condição de ganhar.”

AVANÇOS FORA DAS QUADRAS

Giovannoni é presidente da Associação dos Atletas Profissionais de Basquete. Ele relata avanços fora de quadra: “Ajudamos na questão do calendário nacional. Ano que vem, os clubes devedores não poderão se inscrever nos campeonatos. Padronizações nos contratos são conquistas. Estamos buscando outras metas para dar mais um passo à frente”, diz.

PROMESSA DE JOGÃO E REENCONTRO

O Flamengo reencontra nesta quarta-feira, às 21h30, o Mogi das Cruzes, rival da semifinal no NBB 6. O duelo será no Ginásio Professor Hugo Ramos: “É um dos times cotados ao título e jogar lá é sempre muito complicado. Casa cheia, a torcida apoia. Será um grande jogo, mas estamos preparados para conseguir a vitória”, avisa Olivinha, ala-pivô do Rubro-Negro.

Últimas de Esporte