Xandinho, candidato a craque

Entre os 40 melhores talentos do mundo, jovem vai fazer estágio na Inglaterra

Por O Dia

Rio - Dos tradicionais campos de pelada do Aterro do Flamengo, onde muitos jogam seu sagrado futebol de fim de semana, surge uma promessa de craque brasileiro. O atacante Alexandre Noel, o Xandinho, de 17 anos, foi selecionado para fazer um estágio - de três meses a um ano - em uma academia de jovens talentos, em Londres, na Inglaterra. Para isso, teve de superar três mil concorrentes numa peneira promovida por uma empresa de material esportivo, no Rio, e passar em um teste, na Europa, que reuniu 40 jogadores de vários países.

Xandinho é mais uma promessa do futebol brasileiroMárcio Mercante

“Foi muito difícil. Tinha teste todo dia e, a cada dia, eram 100 garotos diferentes competindo comigo. Mas sempre procurei mostrar o meu melhor”, revela Xandinho, que ficou entre os oito melhores atletas na peneira internacional e embarca esta semana para a capital inglesa, onde dará o pontapé inicial para uma nova etapa de sua vida.

Mas a luta para realizar o sonho de ser um jogador de futebol começou cedo. Após passar pelas categorias de base de São Cristóvão e América, ele ainda mostrou sua habilidade nas quadras de futsal da AABB. Seu maior adversário, porém, foi a baixa estatura. Com 1,65m, Xandinho conta que ouviu muitas pessoas o aconselharem a desistir do futebol. Nada que abalasse sua confiança.

“Ouvir coisas sobre seu tamanho é bem difícil, mas eu nunca duvidei do meu potencial, nunca desisti e sempre mostrei o meu melhor. Agora estou aqui”, frisa, emocionado e ciente do que vai encontrar na Inglaterra.

“No Brasil os treinadores procuram o jogador habilidoso, já na Europa dão preferência ao atleta mais completo, que tenha força física, mas que saiba desempenhar todos os fundamentos e jogue para o grupo”, avalia.

Xandinho se inspira em Neymar para vencer no futebolMárcio Mercante

Fã de Neymar, craque que tem como fonte de inspiração nos gramados, Xandinho vai para Londres com metas traçadas para vencer e realizar o sonho de jogar em um grande clube do Velho Continente: “A minha inspiração é o Neymar. Qualquer jogador jovem da minha idade se espelha nele. No Brasil meu sonho é jogar pelo Vasco, meu time de coração, e, no exterior, pelo Real Madrid”, avisa.

Reportagem de Ulisses Valentim

Últimas de Esporte