Amigos, amigos, pancadaria à parte

Após conhecer Norman Parke de forma inusitada, Gleison Tibau promete não aliviar ao enfrentá-lo neste sábado

Por O Dia

Rio - Um dia você é ídolo e, no outro, adversário. Essa incrível peculiaridade aconteceu em março com Gleison Tibau. Convidado para promover o UFC de Natal, no ano passado, o peso-leve distribuía autógrafos na piscina do hotel quando um outro lutador se aproximou e puxou assunto. Era Norman Parke, adversário neste sábado, a partir das 21h (de Brasília), em Boston (EUA). Na ocasião, o norte-irlandês ficou no empate com Léo Santos, em terras potiguares, mas conquistou o carinho de Tibau.

“Eu não o conhecia, para ser sincero. Daí, ele pediu para tirar uma foto comigo e disse que lutaria nos próximos dias. Foi bacana, foi um contato rápido, e ele parece ser um cara muito legal. Tiramos uma foto, conversamos um pouco, mas não torci por ele, claro. Torci para o Léo (risos)”, lembrou o brasileiro de 31 anos, recordista de lutas no evento (23).

Sobre o combate, Tibau esbanja confiança e deixa a amizade de lado: “Eu vou respeitá-lo como faço com todo mundo. Na hora que a porta do octógono fechar, vou partir para dentro dele com vontade. Quero muito essa vitória. Será uma grande luta”.

Brasileiro Gleison Tibau entra em ação em BostonDivulgação

PÉ DE PATO, MANGALÔ TRÊS VEZES!

Pai Paiva gostou de dar pitacos sobre o futuro e opina sobre alguns combates de amanhã: McGregor fala muito, mas vai nocautear Dennis Siver. Ben Henderson sai da penúria e vence Cerrone por pontos. E Tibau cai contra Norman Parke, por decisão dividida. Será? Saravá!

QUATRO MOTIVOS PARA COMEMORAR

O Team Nogueira está em festa. A equipe tem quatro lutadores na 4ª edição do TUF Brasil — três entre os pesos-galos e um nos leves —, que começa a ser gravada dia 26, em Las Vegas (EUA). Eles viajam no dia 18 e os nomes são mantidos em sigilo. O reality show, que vai ao ar em março, terá Spider e Shogun como treinadores.

SEM SUPERLUTAS

Dana White vende sonhos. Pela milésima vez, o chefão do UFC cogita o duelo Ronda Rousey x Cris Cyborg. Sou como São Tomé e cansei de fábulas. Estou até hoje esperando Spider x Jones ou Aldo x Pettis.


Últimas de Esporte