Maior medalhista olímpico da Espanha desiste dos Jogos do Rio e se aposenta

Dificuldade de entrar em forma e falta de motivação teriam afastado David Cal, canoísta espanhol, das Olimpíadas

Por O Dia

Espanha - O canoísta David Cal, maior medalhista olímpico da Espanha, com um ouro e quatro pratas, decidiu se aposentar, faltando pouco mais de um ano para a disputa dos Jogos Olímpicos de 2016, que será realizado no Rio de Janeiro.

David Cal exibe sua medalha de prata nas Olimpíadas Londres 2012Reprodução Twitter

A informação do fim da carreira do atleta foi publicada nesta quarta-feira no jornal esportivo "Marca", e foi confirmada para a Agência Efe por fontes ligadas ao Comitê Olímpico Espanhol.

Cal, de 32 anos, se preparava para os próximos Jogos Olímpicos, mas desistiu de seguir a preparação, apesar de apelos das autoridades esportivas locais. A falta de motivação e a dificuldade de entrar em forma, seriam as justificativas do atleta.

LEIA MAIS: Basquete, vôlei, tênis e muito mais: acompanhe os esportes olímpicos

O canoísta chegou a treinar um período no Brasil, recentemente, já que seu técnico, Suso Morlán, assumiu a seleção brasileira.

Porta-bandeira da delegação espanhola nos Jogos de Pequim, Cal foi campeão olímpico na prova do C-1 1.000 metros, em Atenas, quatro anos antes. Na mesma edição, ainda foi prata no C-1 500 metros. Na capital chinesa, ganhou duas pratas, uma em cada prova, e na última edição dos Jogos, em Londres, em 2012, foi prata no C-1 1.000 metros.

Últimas de Esporte