Bellucci luta para recuperar posições e se tornar cabeça de chave no US Open

Brasileiro, 33º colocado no ranking, precisa figurar entre os 32 para entrar no melhor grupo do Grand Slam americano

Por O Dia

Estados Unidos - Thomaz Bellucci terá de correr atrás para voltar ao grupo dos 32 melhores do mundo e virar cabeça de chave do US Open e assim evitar pegar outro tenista bem rankeado. Após perder para Sam Querrey e Philipp Kohlschreiber, o brasileiro caiu para a 33ª posição no ranking mundial. 

LEIA MAIS: Basquete, vôlei, tênis e muito mais: acompanhe os esportes olímpicos

O tenista terá duas semanas pela frente antes da lista para o ATP 500 de Washington, nos Estados Unidos, ser divulgada. Nesta segunda-feira, Bellucci enfrenta o uruguaio Pablo Cuevas no Masters 1000 de Montreal, no Canadá.

João Souza, o Feijão, ainda é o segundo brasileiro melhor colocado, na 88ª posição. André Ghem é o 125º, Guilherme Clezar é o 167º. José Pereira ganhou 22 posições e agora ocupa o 253º lugar. Fabiano de Paula é o 278º, enquanto Rogério Dutra Silva é o 288º.

Thomaz Bellucci está próximo de se tornar cabeça de chave do US OpenEfe


Últimas de Esporte