Maradona acusa Blatter de 'ladrão' e diz que não confia em Michel Platini

Argentino disse que pode virar vice-presidente da Fifa

Por O Dia

Itália - A alta cúpula do futebol acaba de ganhar mais um inimigo declarado. Diego Armando Maradona, ídolo máximo da Argentina, fez duras críticas aos cartolas da bola, como: Michel Platini, presidente da Uefa, e Joseph Blatter, presidente da Fifa.

"Ele (Blatter) me fechou as portas do mundo, mas agora está na cadeia e eu estou aqui falando com vocês. Isso demonstra quem era o ladrão", em entrevista ao canal de TV "Piuenne", da Itália.

"Blatter e Platini estragaram o futebol. Eles fingem estar separados, um na Fifa e outro na Uefa, mas sempre estiverem ao lado um do outro. O Platini é um mentiroso, o Blatter ensinou-lhe a roubar" completou Dieguito.

Uma nova eleição na Fifa será realizada em fevereiro de 2016. Maradona disse que será o vice-presidente da entidade no caso de vitória do príncipe da Jordânia, Ali bin al-Hussein.

Maradona pode ser vice-presidente da FifaReuters


Últimas de Esporte