Jogador francês é preso por usar vídeo erótico para chantagear ex-companheiro

Djibril Cissé, que já defendeu a seleção francesa, foi detido com outras três pessoas que fizeram ameaças a Valbuena

Por O Dia

Djibril Cissé foi detido na FrançaReprodução Facebook

França - O jogador francês Djibril Cissé foi detido nesta terça-feira com outras três pessoas no marco de uma investigação por chantagem ao ex-companheiro Mathieu Valbuena com um vídeo erótico, indicou a Promotoria de Versalhes.

Vice-campeão mundial pelo Liverpool em 2005 - derrotado pelo São Paulo -, Cissé foi detido em seu domicílio no começo da manhã e está sendo interrogado pela polícia. A Promotoria disse em comunicado enviado à "Agência Efe" que o jogador está envolvido em uma investigação por chantagem e conspiração criada para preparar um crime punível com até cinco anos de prisão.

As identidades dos outros três detidos não foram reveladas, mas todos também estão sendo interrogados. Segundo diversos meios de comunicação, os suspeitos trataram de chantagear Valbuena, a quem pediram dinheiro com o argumento de que tinham um vídeo de caráter erótico no qual ele participava.

A investigação por este caso foi aberta no final de julho e encarregada à Polícia de Versalhes, cidade situada aos arredores de Paris.

Valbuena e Cissé compartilharam vestiário no Olympique de Marselha por duas temporadas e meia, entre 2006 e 2008. Também jogaram juntos pela seleção em 41 partidas.

Aos 34 anos, Cissé hoje defende o modesto Jeunesse Sportive Saint-Pierroise, da ilha de Reunião, que participa apenas do campeonato local. Verdadeiro cigano, ele já jogou por Auxerre, Liverpool, Olympique, Sunderland, Panathinaikos, Lazio, Queens Park Rangers, Al-Gharafa e Bastia.

Últimas de Esporte