Empresário entra na Justiça e CBF veta ida de Bernardo para o futebol coreano

Apoiador, de 25 anos, disputou a última Série B pelo Ceará

Por O Dia

Rio - O apoiador Bernardo não vai mais jogar no futebol coreano. O ex-jogador do Vasco, que disputou a última Série B pelo Ceará, tinha acertado a sua transferência para o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul, mas por conta de uma solicitação do empresário, Léo Rabello, o negócio acabou cancelado.

Bernardo teve transferência para o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul, canceladaDivulgação

"O Comitê de Resolução de Litígios da CBF comunica a decisão do auditor Carlos Eduardo Cardoso referente ao processo nº 007/2015, tendo como requerente Léo Rabello (agente) e como requerido Bernardo Vieira de Souza (atleta). Está suspensa a autorização de transferência do atleta supramencionado para o clube “Ulsan Hyundai”, da Coreia do Sul, bem como para as demais e futuras transferências por ele requeridas, até o cumprimento da presente obrigação e/ou por meio de liberação deste órgão", diz a nota divulgada pelo site da CBF.

aos 25 anos, Bernardo teria sua primeira oportunidade fora do Brasil. Ele foi revelado pelo Cruzeiro, mas não teve muitas oportunidades no time principal e foi emprestado ao Goiás. A boa temporada no Centro-Oeste despertou o interesse do Vasco, que o contratou em 2011. Foi importante no bom ano do clube carioca, mas passou a ter altos e baixos. Emprestado ao Santos em 2012, ele ficou apenas uma temporada e atuou em 14 partidas.

Esteve no elenco do Vasco que ganhou o Carioca deste ano, mas problemas dentro e fora do campo minaram as chances do meia na equipe. Ele foi afastado e cedido ao Ceará. No Vozão, foi mal e voltou antes mesmo do fim da Série B.

Últimas de Esporte