Lenda do basquete universitário e ex-jogador dos Lakers morre nos Estados Unidos

Tommy Hawkins foi o primeiro negro a ser indicado para melhor time de universidades em todos os anos que jogou por Notre Dame

Por O Dia

Estados Unidos - Tommy Hawkins pode ser considerado um dos grandes pioneiros do basquete universitário norte-americano, por ter sido o primeiro jogador negro a integrar o All-American Team, uma espécie de reunião dos melhores jogadores da categoria, em todos seus anos na Universidade de Notre Dame. O ex-ala, que jogou pelos Lakers na NBA, faleceu aos 80 anos nesta quinta-feira.

Tommy Hawkins foi selecionado pelos Lakers quando o time ainda era sediado em MinneapolisDivulgação / NBA

Em suas duas últimas temporadas com a universidade, venceu 44 jogos, perdendo apenas 13. Com excelentes atuações, foi draftado pelo Minneapolis Lakers em 1959. Após duas passagens, ficou na franquia, hoje em Los Angeles, por seis anos, vencendo cinco títulos de conferência com o time.

Segundo a família, Hawkins morreu enquanto dormia. Kevin Hawkins, um de seus filhos, relembrou seu amor pela universidade onde se formou ao falar sobre o pai.

"Ele amava Notre Dame com todas as fibras de sua existência. Ele dizia que a faculdade fez muito por ele e o fez crescer e se tornar o que foi".

Após sua aposentadoria, o ex-atleta foi indicado ao time do século do basquete universitário pela NCAA e recebeu um anel de honra da categoria, há dois anos. Além disso, Hawkins também acumula uma indicação ao Hall da Fama dos locutores esportivos da Califórnia, pelo seu trabalho em transmissões de TV.

Últimas de Esporte