Cuca relembra salvação heroica do Fluminense no Campeonato Brasileiro de 2009

Na época, a equipe carioca aparecia na projeção dos matemáticos com 99% de chance de ser rebaixado, mas conseguiu reagir a tempo

Por O Dia

O Campeonato Brasileiro de 2009 novamente virou exemplo para o Palmeiras se animar para manter o sonho de título nesta temporada. Depois de os jogadores relembrarem na última semana que a competição atual vivia situação semelhante à ocorrida há oito anos, nesta segunda-feira foi a vez de o técnico Cuca buscar outra passagem marcante daquele ano para mostrar que, enquanto há chance de título, a equipe tem de acreditar.

Cuca comandou o Fluminense em 2009Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação

Em 2009, Cuca dirigia o Fluminense. O time carioca aparecia na projeção dos matemáticos com 99% de chance de ser rebaixado, mas reagiu e nas últimas 11 rodadas ganhou oito partidas e empatou três, escapando da queda de forma heroica. "Nós tínhamos 1% de chance de escapar e nos agarramos nisso. Cada vez que vamos para o Rio eu vejo uma faixa que diz que 99% não é 100%. Isso responde por si só", afirmou o treinador.

O Palmeiras bateu nesta segunda-feira à noite o Coritiba por 1 a 0, no Pacaembu, e se manteve 13 pontos atrás do Corinthians. Na avaliação de Cuca, a equipe teve uma atuação competente, ao criar mais chances e controlar uma partida considerada difícil. "Esses jogos são perigosos porque você enfrenta um time que está na zona de rebaixamento, vem pressionado e joga fechado. Se não tomar cuidado, você leva gol no contra-ataque e fica mais difícil", disse.

Como Santos e Grêmio perderam nesta última rodada, o Palmeiras ficou mais perto de ganhar posições na tabela. "Temos de fazer a nossa arrancada. Não adianta nada torcer contra os outros e não fazer a sua parte. Estamos no caminho certo", disse o treinador. No próximo domingo, no Rio, a equipe enfrenta o Fluminense para tentar chegar à quarta rodada consecutiva sem perder.

O discurso do Palmeiras de acreditar no título se apega a outro exemplo do Brasileiro de 2009. Naquele ano, a 15 rodadas do fim, o time liderava com 13 pontos de vantagem sobre o Flamengo, que acabou por terminar como o campeão. Nesta temporada, o alviverde se encontrava com desvantagem igual em relação ao Corinthians exatamente na mesma rodada da competição, fato que foi relembrado pelos jogadores nas últimas entrevistas.

Últimas de Esporte