Treta! Neto se irrita com comentarista da ESPN: 'Vai chupar manga, xará!'

Ex-jogador afirmou que não pretende mais aceitar convites para participar de programas da emissora: "Não vou mais. Nunca mais"

Por O Dia

São Paulo - O apresentador Neto, ex-jogador do Corinthians, se irritou com o comentário de Arnaldo Ribeiro, comentarista e chefe de redação da 'ESPN Brasil', durante o programa 'Linha de Passe'. Na ocasião, Ribeiro endossou a declaração de Rodrigo Caio, que disse que a imprensa esportiva brasileira torce para o Timão.

Neto não gostou de ter ser nome mencionado no ESPNReprodução TV

A treta iniciou quando o zagueiro do São Paulo reclamou da atuação da arbitragem no empate contra o Corinthians. "Muitas vezes, quando a gente joga contra o Corinthians, a arbitragem entra pressionada porque a gente vê que a imprensa toda é corintiana, vê que muitas pessoas só falam a favor do Corinthians. E tenho certeza que o árbitro entra pressionado", disse o defensor.

Questionado sobre o assunto durante o programa 'Linha de Passe', Arnaldo Ribeiro comentou: "Acho que não tem essa questão da imprensa. Não é exatamente o ponto, embora existe ali uma questão anterior da torcida do São Paulo com o Neto, da TV Bandeirantes, com o programa do Neto e tudo mais, que fica mais exposta essa querela. Não é esse o ponto".

Em seu programa, 'Os Donos da Bola', da Band, na última terça-feira, Neto afirmou que não pretende mais aceitar convites para participar de programas da ESPN. "Não vou mais. Nunca mais".

O apresentador ainda alfinetou Ribeiro ao dizer que ele não só torce para o Corinthians como também é ídolo do clube.

“’Ah, a torcida do São Paulo está com predisposição em relação ao Neto e ao programa dele’. E os seus programas, que colocam ex-jogador que é empresário, que mexe com jogador? Eu nunca mexi com jogador, xará. Têm programas seus que têm ex-jogadores que mexem e ganham dinheiro com jogador, que são empresários. Já falou isso aí? Vai chupar manga, xará!”, atacou Neto.

"Eu sou ídolo do Corinthians, fui campeão paulista, da supercopa, campeão brasileiro. Vocês, que estão aí (jogadores e comentaristas), não são ídolos. Um é flamenguista, outro é palmeirense… vocês não podem dizer que eu sou corintiano", disse.

Últimas de Esporte