Lateral Edilson não treina e está fora de jogo desta quarta contra o São Paulo

Jogador não viaja para jogo em Brasília. Sheik é poupado, mas embarcou com o grupo e é dúvida para a partida

Por O Dia

Rio - O técnico Vagner Mancini ganhou mais dor de cabeça para escalar o time do Botafogo para o jogo contra o São Paulo, nesta quarta-feira, às 22h, em Brasília. No treino desta terça-feira, o lateral Edilson não treinou pelo segundo dia consecutivo e não fez parte do grupo que viajou para a capital do país. Com a ausência, o volante Gabriel será improvisado no lado direito do campo. Já Sheik foi poupado do treino e é dúvida apesar de estar presente entre os jogadores que foram para Brasília.

Com Edilson fora%2C volante Gabriel será improvisado na lateral-direitaOnofre Veras / Agência O Dia

Além da dupla, Mancini não contará novamente com Jefferson, que está a serviço da Seleção, os suspensos Dankler, Bolatti e Ramírez. O atacante Rogério também está fora por conta de uma concussão cerebral, com traumas na nuca e na face, sofrida no jogo contra o Atlético-MG na última rodada. Carlos Alberto e Marcelo continuam sem prazo para o retorno aos gramados. Já Bruno Correa e Daniel são desfalques mais longos e ficam de fora entrem dois e seis meses respectivamente.

Ciente dos problemas com lesões e suspensões no time, Gabriel disse que está disposto a ajudar a equipe jogando em qualquer posição: "Sou atleta do clube. Gosto de atuar como volante, mas se for opção da comissão técnica, eu estou preparado. Já joguei pela lateral algumas vezes, é um pouco diferente no posicionamento em campo, mas estou tranquilo", disse.

O Botafogo atualmente ocupa a 14ª posição com 22 pontos e encara o São Paulo nesta quarta-feira, às 22h, no Mané Garrincha, em Brasília, em busca de se afastar da zona de rebaixamento.