Jobson marca novamente e Botafogo bate o Resende no Nilton Santos

Alvinegro conquista vitória importante por 3 a 0 sobre a equipe Sul Fluminense, neste domingo, pelo Campeonato Carioca

Por O Dia

Rio - O Botafogo venceu neste domingo o Resende por 3 a 0 no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Carioca. O Alvinegro começou a partida colocando pressão no adversário, mas só conseguiu abrir vantagem na segunda etapa do confronto. Após o primeiro gol, a equipe alvinegra caiu um pouco de produção, mas seguiu administrando o resultado até sacramentar a vitória em casa. Tássio, Jobson e Rodrigo Pimpão foram os autores do triunfo alvinegro.

Com 25 pontos, o Botafogo ocupa a vice-liderança o Campeonato Carioca. E o Resende caiu para 13° colocação, com 6. O próximo desafio do Alvinegro será contra a Cabofriense, no domingo, às 16h, no Moacyrzão. Já o Resende encara o Friburguense no sábado, às 15h30, no Estádio do trabalhador.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo 

O jogo

Os minutos iniciais da partida foram favoráveis ao Botafogo, que criava mais oportunidades e botava pressão no Nilton Santos.

No decorrer do jogo, o Alvinegro foi cedendo espaço ao Resende e pecava na marcação, diminuindo o ritmo. A primeira melhor chance do partida veio do Botafogo aos 26 minutos, mas foi desperdiçada por Diego Jardel, que ficou cara a cara com o goleiro da equipe Sul Fluminense e foi travado.

Jobson faz o segundo do Alvinegro na vitória sobre o Resende neste domingoAlexandre Brum / Agência O Dia

As duas equipes erravam em campo e não sabiam aproveitar o erro adversário. A pressão do Botafogo durou apenas nos primeiros minutos da partida e o duelo foi ficando equilibrado, deixando a torcida alvinegra na bronca.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca 

Aos 46 veio o maior susto do Botafogo na partida. Em cobrança de falta, a bola foi lançada na área e goleiro Arthur cortou mal. A bola sobrou para Diego Jardel que, arriscou mais uma vez, mas o zagueiro do Resende fez milagre e salvou em cima da linha, evitando o primeiro gol do Alvinegro no duelo.

Na volta ao segundo tempo, o Botafogo demonstrou que queria abrir o marcador. Aos 7 minutos, Carleto fez cruzamento e a bola sobrou para Tássio que, cabeceou tirando tinta da trave esquerda do Resende. Por pouco a equipe alvinegra abriu vantagem.

Dois minutos depois, a bola foi lançada novamente para área do Resende e Jobson ajeitou de cabeça para Diego Jardel. O meia foi travado novamente pelo goleiro Arthur, que tirou a queima roupa, mas não contava que Tássio estaria na pequena área para pegar a sobra e marcar o primeiro.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Carioca 

Não demorou muito para que o Alvinegro ampliasse a vantagem. Carleto fez lindo lançamento para Jobson, que ficou cara a cara com o goleiro do Resende. O atacante tirou com um toque e balançou a rede. 2 a 0 Fogão no Nilton Santos.

Após o segundo gol, o Botafogo foi administrando o jogo e o Resende conseguia chegar ao gol alvinegro. Aos 42 minutos, Gegê invadiu a pequena área e arriscou. O goleiro Arthur espalmou, mas a bola resvalou na trave e sobrou para Rodrigo Pimpão, que saiu do banco, para fazer o terceiro.

A equipe do Sul Fluminense até tentou reação, mas não conseguiu evitar a superioridade do Botafogo no jogo. Com a vitória, o Alvinegro se mantém na vice-liderança do Campeonato Carioca e está apenas a um ponto atrás do líder Vasco.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 3X0 RESENDE

Estádio: Nilton Santos (RJ)
Árbitro: Rafael Martins de Sá
Gols: Tássio (Botafogo, aos 9' do 2ºT); Jobson (Botafogo, aos 15' do 2ºT); Rodrigo Pimpão (Botafogo, aos 41' do 2ºT)
Cartão amarelo: Jhulliam, Capone (Resende)
Cartão vermelho: -

BOTAFOGO: Jefferson; Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto (Gegê, aos 35' do 2ºT); Dierson, Willian Arão, Diego Jardel e Tomas; Jobson (Sassá, aos 23' do 2ºT) e Tássio (Rodrigo Pimpão, aos 34' do 2ºT); Técnico: René Simões;

RESENDE: Arthur; Gabriel, Admilton, Rogério e Kim (Cássio, aos 21' do 2ºT); Capone (Caleb, aos 21' do 2ºT), Iuri Pimentel e Léo Silva; Leandrinho (Dudu, aos 30' do 2ºT), Gustavo e Jhulliam; Técnico: Paulo Campos;