Botafogo fica no empate em casa, mas Ricardo Gomes recebe equipe na ponta

Alvinegro realizou o último jogo sob o comando de Jair Ventura

Por O Dia

Rio - O Botafogo entrou em campo sabendo que se manteria na liderança com qualquer resultado que acontecesse no Nilton Santos. Do outro lado estava o Criciúma, invicto na Série B sob o comando de Petkovic. No fim, um empate por 0 a 0 que impediu o Glorioso de ampliar a sua vantagem na ponta da competição, mas manteve a invencibilidade da equipe carioca dentro de casa na competição.

No próximo sábado, o Botafogo terá a estreia de Ricardo Gomes no comando da equipe. O adversário do Glorioso será o Luverdense, às 16h30, no Nilton Santos. Já o Criciúma joga na sexta-feira contra o Boa Esporte, às 19 horas, em Varginha. 

Botafogo e Criciúma ficaram no 0 a 0 no Nilton SantosAndré Mourão

O JOGO

O primeiro tempo entre Botafogo e Criciúma foi bastante equilibrado. O Botafogo teve um pouco mais de posse de bola que a equipe catarinense, mas os visitantes não permitiram que o Glorioso dominasse as ações da partida. O time comandado por Petkovic mostrou bastante calma e bom toque de bola no meio-campo.

FOTOGALERIA: Botafogo joga mal, empata, mas mantém a liderança da Série B

As principais oportunidades do Botafogo foram criadas por Sassá. Na primeira, o jovem atacante do Alvinegro apareceu com liberdade dentro da área, mas na hora de finalizar não, ele não pegou bem. Em outro lance, o jogador chegou atrasado para concluir depois de boa jogada de Gegê pela linha de fundo.

Ricardo Gomes acompanhou a partida no Nilton SantosAndré Mourão

O Criciúma teve a melhor oportunidade do primeiro tempo, poucos minutos antes do intervalo. Maurinho tabelo cou Marcão, ganhou na corrida de Carleto e apareceu na área do Botafogo. Na hora de finalizar, o atleta do Tigre foi surpreendido por Jefferson, que saiu bem do gol e fez grande defesa, salvando o Alvinegro Carioca.

O Botafogo voltou mais animado para a segunda etapa. Gegê teve duas chances de gol em 15 minutos. Na primeira, o apoiador teve espaço e finalizou de fora da área para boa defesa de Luiz. Depois, o meia recebeu belo passe de Luis Henrique, ficou cara a cara com o goleiro, mas finalizou muito fraco, facilitando a vida do arqueiro.

Porém, a partir da metada da segunda etapa, o Botafogo parou de jogar e o Criciúma teve grandes oportunidades de vencer a partida. Marcão teve uma boa chance aos 25 minutos, mas finalizou para fora. Aos 34 minutos, Jefferson evitou o gol dos catarinenses ao defender bela cabeçada de Fabio Ferreria.

Nos últimos minutos, o duelo ficou mais concentrado no meio-campo. O Criciúma teve mais a bola, mas não conseguia mais assustar como antes. Com muitas dificuldades técnicas, o Botafogo não criava quase nada. Satisfeitos com o empate, os dois times ficaram mesmo no resultado sem gols.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 0 X 0 CRICIÚMA

Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 28/7/2015 - 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Marcos Andre Gomes da Penha (ES)
Renda e público: R$ 97.870,00/4.733 pagantes/5.339 presentes
Cartões amarelos: Nenhum
Cartões vermelhos: Nenhum

BOTAFOGO: Jefferson; Diego, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Dierson, Willian Arão, Gegê (Fernandes 28'/2ºT) e Octavio (Diego Jardel 24'/2ºT); Sassá e Luis Henrique (Navarro 39'/2ºT)- Técnico: Jair Ventura.

CRICIÚMA: Luiz Silva; Maicon Silva, Wanderson, Fábio Ferreira e Guilherme Santos; Wellington, Marcão e Paulinho; Lucca (Roger Guedes 21'/2ºT), Maurinho (Jefferson 32'/2ºT) e Neto Baiano (Paulo Sérgio 28'/2ºT) - Técnico: Petkovic.