União no Botafogo ganha destaque

Amizade do elenco é apontada como o principal fator de sucesso

Por O Dia

Rio - O período sem jogos do Botafogo tem servido, além do descanso, para uma autoanálise. Que fatores levaram o time a ter um desempenho tão bom e estar com 99% de chances de acesso faltando ainda dez rodadas para o término da Série B?. Entre os diversos identificados, a união do grupo é considerada o principal.

Clima no elenco do Botafogo é destaqueVitor Silva / SS Press

O bom ambiente alvinegro não foi alterado nem mesmo quando o desempenho dentro de campo teve uma queda. René Simões saiu, assim como o vice de futebol Antonio Carlos Mantuano, e Ricardo Gomes chegou. O clima continuou igual e os resultados positivos voltaram.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

“Somos todos amigos e não existe vaidade de um com o outro. Isso é importante e fico feliz de verdade por participar desse grupo. Estamos sempre sorrindo e até quem não está jogando está trabalhando e torcendo para o companheiro”, afirmou Neilton, que chegou no meio da temporada e, prontamente, foi acolhido pelo elenco.

Os jogadores podem até ter grande empatia entre si, mas estavam precisando de um tempo sem se ver após a maratona de jogos e viagens de setembro. Pela primeira vez, o fim de semana será de folga e a retomada das atividades vai acontecer somente na segunda-feira.

No último treinamento antes do descanso, os atletas tiveram que suar. O preparador físico Ednilson Senna comandou um forte trabalho, sob um calor escaldante, na manhã de ontem, no Nilton Santos. Depois da atividade, a maioria dos jogadores viajou para aproveitar algo raro no futebol: dois dias livres para curtir com a família.