Atlético-PR derrota o Santos por 1 a 0 com gol de zagueiro no fim da partida

Furacão deu um salto na tabela do Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Paraná - Em uma partida equilibrada, com duas equipes mostrando mais vigor físico do que qualidade, o Atlético Paranaense usou a bola parada para vencer o Santos por 1 a 0, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela nona rodada, e dar um salto na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro. Depois de quase 90 minutos de um futebol burocrático, o time da casa venceu o jogo com um gol de cabeça a dois minutos do fim. Um castigo para a equipe santista, que no primeiro tempo mandou duas bolas na trave e que com a derrota vê os líderes se afastarem um pouco.

Com o resultado, as duas equipes têm os mesmos 13 pontos, juntamente com outras cinco equipes, mas o Santos está em vantagem. O time santista é o quarto colocado por ter mais saldo de gols, mas vai cair com o complemento da rodada neste domingo; o Atlético fica em nono.

No primeiro tempo, se não fez um jogo excelente, ao menos o Santos foi melhor e chegou com mais perigo ao gol adversário. O time tocava a bola com calma e competência. Vitor Bueno, no meio, e Gabriel, no ataque, eram os principais articuladores do time, que criou boas chances para abrir o placar e mandou duas bolas na trave do goleiro Weverton.

A partida seguiu morna, sem nenhuma chance real de gol até os 29 minutos, quando Vitor Bueno trocou passes com Zeca pela esquerda do ataque santista e, da entrada da área, chutou forte, mas a bola explodiu na trave direita do Atlético.

A resposta atleticana só chegou aos 42 minutos, quando Giovanny, mesmo marcado, conseguiu encontrar um espaço dentro da área para girar e bater para o gol. Vanderlei espalmou e, no rebote, Walter acabou dominando a bola no braço.

Um minuto depois, mais uma vez o Santos chegou com grande perigo Gabriel recebeu lindo passe de Vitor Bueno nas costas da defesa e tocou de mansinho, por cobertura, mas a bola bateu no travessão e saiu.

No segundo tempo, o Atlético parecia que teria mais ímpeto para chegar ao gol, mas o jogo travado no meio de campo complicava os atacantes dos dois times, que recebiam poucas bolas em condições de finalizar.

Aos 22 minutos, o Atlético quase abriu o placar. Vinicius ganhou a dividida com Renato e tocou para André Lima. O atacante achou Ewandro pela esquerda, que cruzou na medida para Vinicius de novo, de frente para o gol, finalizar. O gol só não saiu porque Zeca se jogou em cima da bola e conseguiu desviar para escanteio

Depois de alguns minutos de muito equilíbrio, o Atlético encontrou o seu gol. Aos 43 minutos, a equipe conseguiu um escanteio pela direita. Vinícius cobrou com perfeição e Paulo André subiu para testar sem chances para Vanderlei e decretar a vitória rubro-negra.

Nesta quarta-feira, pela 10.ª rodada, o Santos vai ao Espírito Santo para enfrentar o Fluminense, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica. No mesmo dia, os curitibanos jogarão em Santa Catarina contra a Chapecoense.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 1 x 0 SANTOS

ATLÉTICO-PR - Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid, Otávio e Giovanny (Anderson Lopes); Ewandro (Pablo), Walter (Vinícius) e André Lima. Técnico: Paulo Autuori.

SANTOS - Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Yuri e Zeca; Renato, Thiago Maia (Alison), Vitor Bueno e Léo Cittadini (Paulinho); Gabriel e Joel (Diogo Vitor). Técnico: Dorival Júnior.

GOL - Paulo André, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Giovanny e Sidcley (Atlético-PR); Renato (Santos).

ÁRBITRO - Anderson Daronco (Fifa/RS).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Reportagem de Glauco de Pierri