Sem muito esforço, Vasco vence o Bangu em jogo morno em Moça Bonita

Time de São Januário bate o Alvirrubro da Zona Oeste por 2 a 0 marcando seus gols no segundo tempo

Por O Dia

Rio - Depois de toda polêmica do clássico com o Flamengo, onde teve um gol legal não marcado, o Vasco parece que deixou isso de lado e continua mostrando bom futebol para os seus torcedores. Jogando de forma tranquila e sem muitos sustos, o Cruzmaltino venceu o Bangu em Moça Bonita por 2 a 0, com gols, que saíram apenas no segundo tempo, de Thalles e do colombiano Montoya.

>>> Confira imagens da vitória do Vasco sobre o Bangu em Moça Bonita

Com o resultado, o Vasco continua na zona de classsificação para a fase decisiva do Campeonato Carioca com 18 pontos conquistados ficando na terceira posição da tabela e na próxima rodada terá o Fluminense no clássico da rodada no domingo às 16h. Já o Bangu continua próximo da Zona de rebaixado da competição com apenas 8 pontos, cinco a menos que o Audax, que abre a zona da degola. Na próxima rodada do Alvirrubro vai até Volta Redonda para enfrentar o time da casa no domingo, às 16h.

Thalles comemora seu gol marcado contra o BanguAndré Mourão / Agência O Dia

O JOGO

Mesmo sendo em Bangu, um dos bairros mais quentes do Rio de janeiro, a partida não teve grande temperaturas. Os termômetros bateram a casa dos 28ºC, clima ameno para onde no mesmo local atingiram quase quarenta graus. Apesar disso, as equipes iniciaram a partida em ritmo lento no estádio Moça Bonita. Tanto que os lances de perigo só começaram a surgir no final do primeiro tempo. Aos 34 minutos, Douglas manda para a área e Luan emenda um lindo voleio, mas a bola acaba indo para fora. Dois minutos depois, mesmo marcado por três jogadores, Almir buscou espaço na entrada da área, limpou e mandou por cima do gol.

>>> MAIS CARIOCA: Notícias, tabela e a classificação do Estadual

Com 38 minutos, Everton Costa recebeu na frente e chuta em cima do goleiro perdendo a melhor chance do Vasco na etapa. Com o Vasco tomando a iniciativa do ataque, o Bangu se aproveitava dos conta-ataques para levar perigo ao Cruzmaltino. Com 41 no relógio, Rodrigo Pinho aproveita da sua velocidade para dar dois dribles em Rafael Vaz e chutar tirando do goleiro Martin Silva! Bola passou rente ao gol. No último lance de perigo da etapa, Douglas serviu Diego Renan e lateral mandou uma bomba que passou perto do gol. No final do primeiro tempo, Rafael Vaz pediu atenção para o Vasco: "Bangu tem toque rápido. Temos que ficar ligados nisso. Estão fechados e precisamos trabalhar a bola e voltar forte", disse.

Douglas teve atuação discretaAndré Mourão / Agência O Dia

Mesmo após descansarem no intervalo, as equipes mantiveram o mesmo ritmo lento e preguiçoso de antes da parada. Aos 11 minutos, em cobrança de falta, Douglas mandou no ângulo, mas o goleiro Rafael se estica todo para mandar para fora. Seis minutos em seguida, o Bangu quase abriu o placar. Rodrigo Pinho aproveitou o cruzamento para finalizar, mas Martin Silva saiu bem e encaixou a bola.

Mas no final da partida, o Vasco fez valer a sua superioridade técnica em dois lances capitais. Aos 22, André Rocha faz cruzamento longo e Thalles raspou a bola, que vai morrer no fundo do gol banguense. Quando o time da Zona Oeste do Rio pensava em ensaiar uma reação o Vasco matou a partida. Aos 31, Montoya recebeu na grande área se livrou da marcação e chutou forte sem chance para o goleiro.

BANGU X VASCO

Estádio: Moça Bonita

Árbitro: Grazziani Maciel Rocha

Cartões Amarelos: Felipe Bastos (Vasco)

Cartões Vermelhos:

Gols: Thalles e Montoya (Vasco)

Bangu: Rafael Silva, Felipe Foca, Wagner, Luiz Felipe, Bruno, Raphael Azevedo, Juninho(Cristiano), Rodrigo Dantas(Geovani), Almir, Rodrigo Pinho(Elias), Mateus

Vasco: Martín Silva, André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazu, Aranda, Felipe Bastos(Pedro Ken), Douglas, Everton Costa(Thalles) e Edmilson(Montoya)