Botafogo joga mal no segundo tempo e fica no empate com o Barra Mansa

Alvinegro tem mais uma atuação ruim no Carioca e desperdiça chance de abrir vantagem na liderança após Bill perder pênalti

Por O Dia

Rio - Apesar de líder do Carioca, o Botafogo fez mais uma atuação ruim nesta quarta-feira e ficou apenas no empate por 1 a 1 com o Barra Mansa, no estádio Raulino de Oliveira. Após abrir o placar no primeiro tempo com Roger Carvalho, o Alvinegro caiu drasticamente de produção na segunda etapa, sofreu o empate com um gol de Hudson, e ainda teve um pênalti bisonhamente desperdiçado por Bill no fim da partida.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Botafogo

Mesmo com o tropeço, o Botafogo ainda mantém a liderança com 29 pontos. No próximo domingo, o Alvinegro terá pela frente o clássico contra o Vasco, às 16h, no Maracanã. Já o Barra Mansa conseguiu um ponto importante na briga contra o rebaixamento e chegou aos oito pontos ocupando a 13ª colocação. Também no domingo, o Leão do Sul enfrenta o Fluminense, às 18h30, no Moarcyzão.

Bill teve a chance de garantir a vitória para o Botafogo%2C mas desperdiçou pênalti de forma bisonhaVitor Silva / SS Press

O JOGO

Apostando na velocidade de Jobson, o Botafogo tentava pressionar o Barra Mansa atacando pelo lado direito com o camisa 7. Aos 4, o atacante escapou, cruzou para Bill que não conseguiu dominar. Na sobra, Tomas recebeu com espaço na entrada da área e soltou uma bomba para boa defesa de Thiago Leal. Acuado em campo, a equipe do Sul Fluminense começou jogando fechado e esperando pelo contra-ataque.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

Aos 10, novamente a dupla de ataque alvinegra entrou em ação. Jobson achou Bill sozinho na área, mas a zaga do Barra Mansa se antecipou e evitou o que seria o primeiro gol do Botafogo. Na jogada seguinte, Vitinho escapou pela esquerda e finalizou para defesa de Renan. Foi a resposta da equipe do Sul Fluminense. Apesar de ter mais posse de bola, o Botafogo não conseguia criar chances para finalizar. Somente aos 24 o Alvinegro voltou a levar perigo. Após boa troca de passes entre Tomas e Diego Jardel, o camisa 11 recebeu dentro da área, mas chutou fraco e perdeu uma ótima oportunidade de abrir o placar.

Aos 27, Diego Jardel cobrou escanteio para área, a bola passou por todo mundo, mas não por Roger Carvalho que completou com força para o fundo das redes. 1 a 0 Fogão em Volta Redonda. Apesar da vantagem no placar, o Botafogo continuou pressionando e buscando o segundo gol. Aos 35, Bill e Fernandes tabelaram pela direita, o lateral vai na linha de fundo, já dentro da área e cruza para Jobson. O camisa 7 prepara o voleio, mas Rômulo consegue desviar antes. No lance seguinte, o Barra Mansa chega ao ataque tabelando e Fernandes aparece para afastar o perigo.

Com mais uma atuação ruim, o Botafogo ficou apenas no 1 a 1 com o Barra MansaDivulgação

Na volta para o segundo tempo, o Botafogo reduziu o ritmo e manteve a posse de bola sem criar chances de perigo. Já o Barra Mansa não conseguia se organizar ofensivamente e insistia em chutes longos, mas sem sucesso. O goleiro Renan era um mero espectador de luxo da partida. Porém, aos 13, o arqueiro alvinegro participou da segunda etapa pela primeira vez. Hudson invadiu a área pela direita e finalizou para boa defesa do camisa 1. Aos 16, novamente o atacante do Barra Mansa apareceu livre na entrada da área e chutou para mais uma defesa de Renan.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Carioca

Principalmente nome do segundo tempo, o goleiro do Botafogo começou a ter trabalho na partida. Aos 26, Jefinho aproveitou falta cobrada na área e cabeceou para espetacular defesa do camisa 1 alvinegro. O Barra Mansa começou a pressionar em busca do empate. Aos 34, depois de muito insistir, o Leão do Sul finalmente igualou a partida. Após bola alçada na área, Hudson apareceu sozinho no meio da área e cabeceou para balançar as redes.

Apático em campo, o Botafogo não esboçava reação e não conseguia levar perigo no ataque. Motivado pelo gol, o Barra Mansa se lançou ao ataque tentando virar a partida. Aos 40, Roger Carvalho foi segurado dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Bill cobrou de forma bisonha e ainda errou no rebote. O camisa 9 jogou fora a chance de garantir a vitória.

Aos 46, o Botafogo teve a mais uma oportunidade de sair com os três pontos. Após bola alçada na área, Renan Fonseca desviou e Willian Arão errou o alvo. No lance seguinte, Bill teve mais outra chance de se consagrar. Após tabela com Jobson, o camisa 9 recebeu com espaço na área, mas na hora de finalizar se enrolou e novamente deixou de marcar. Com mais uma atuação ruim, o Botafogo desperdiça a chance de abrir vantagem na liderança do Carioca.

FICHA TÉCNICA

BARRA MANSA 1x1 BOTAFOGO

Estádio: Raulino de Oliveira
Público e Renda: Pagante: 2.712/Presente: 3.212/Renda: R$ 65.230,00
Árbitro: Pathrice Wallace Correa Maia
Gols: Roger Carvalho (Botafogo, aos 27' do 1ºT), Hudson (Barra Mansa, aos 34' do 2ºT)
Cartões Amarelos: Walace, Vitinho, Hudson, THiagão (Barra Mansa) e Marcelo Mattos, Fernandes, Gegê (Botafogo)
Cartões Vermelhos: -

BARRA MANSA: Thiago Leal, Dudu, Rômulo, THiagão e Walace; Vitor Sena, Maicol (Kaíke, aos 11' do 2ºT), Rafael Laurenço e Vitinho; Hudson e Nandinho (Jefinho, aos 24' do 2ºT). Técnico: Manoel Neto.

BOTAFOGO: Renan, Fernandes, Renan Fonseca, Roger Carvalho e Jean (Diego Giaretta, aos 24' do 2ºT); Marcelo Mattos, William Arão, Tomas (Gegê, aos 17' do 2ºT) e Diego Jardel (Murilo, aos 9' do 2ºT); Jobson e Bill. Técnico: René Simões.