Sem chamar atenção, Irã e Nigéria duelam na Arena da Baixada

Partida reúne a equipe de melhor ranking no continente asiático e o atual campeão africano

Por O Dia

Curitiba - As seleções de Irã e Nigéria fazem nesta segunda-feira, às 16h, na Arena da Baixada, em Curitiba, uma das partidas menos prestigiadas da primeira fase da Copa do Mundo. E, curiosamente, o duelo pelo Grupo F reúne a equipe de melhor ranking no continente asiático e o atual campeão africano.

Nigéria entra em campo com status de favoritaReuters

A seleção iraniana chega para a disputa de seu quarto Mundial apontada como a mais fraca do grupo. Depois da classificação nas Eliminatórias asiáticas, o técnico português Carlos Queiroz não conseguiu marcar amistosos com seleções de destaque por causa da escassez de recursos da federação local, o que acabou prejudicando a preparação de seus comandados. No entanto, ele demonstra confiança num bom rendimento da equipe iraniana.

“Não tenho dúvidas sobre os meus jogadores. Estão prontos. Desejam dar cem por cento e trabalhar duramente para conseguir resultados”, afirmou.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

A Nigéria espera fazer uma boa estreia para, na sequência, decidir a classificação contra as equipes mais fortes do grupo: Argentina e Bósnia. Em sua quinta participação em Copas do Mundo, as "Superáguias" apostam em ao menos conseguir avançar às oitavas de final.

LEIA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

Os nigerianos vêm empolgados após o título africano de nações no ano passado, mas não fizeram uma boa participação na Copa das Confederações, caindo na primeira etapa da competição, com derrotas para Uruguai e Espanha. O grande destaque da equipe é o meia e capitão Obi Mikel, do Chelsea.

Nos amistosos de preparação para o Mundial, a Nigéria decepcionou: empatou com a Escócia, em 2 a 2, e com a Grécia, em 0 a 0, e foi derrotada pelos EUA por 2 a 1. O técnico Stephen Keshi admite que a principal dificuldade é o desconhecimento sobre os adversários desta tarde: “Não sabemos muito do Irã.”

Últimas de _legado_Copa do Mundo