O anjo da guarda de Suárez

O fisioterapueta Walter Ferreira parou o tratamento de câncer para cuidar do joelho do astro uruguaio

Por O Dia

Suárez agradece ao anjo da guarda Walter FerreiraEfe

São Paulo - Poucas vezes a desgastada expressão “uma imagem vale mais do que mil palavras” fez tanto sentido quanto na foto publicada nesta matéria. O abraço dado pelo atacante uruguaio Luis Suárez no fisioterapeuta da Celeste, Walter Ferreira, após o novo herói uruguaio marcar seu segundo gol na vitória sobre a Inglaterra fala por si só. E revela fatos que, até então, poucos além deles conheciam.

Há exatos 31 dias, Suárez deixava, numa cadeira de rodas, a clínica Médica Uruguaya, no centro de Montevidéu, onde foi submetido a uma artroscopia no joelho esquerdo. No dia seguinte à cirurgia, o jogador já estava sob os cuidados de Ferreira. O que poucos sabiam é que o fisioterapeuta vive um drama muito maior do que o enfrentado pelo artilheiro.

Para cuidar de Suárez, o especialista interrompeu as sessões de quimioterapia de um câncer. Algumas delas foram na própria casa de Ferreira, que alguns anos atrás perdeu o filho num acidente de carro. Ele nem viria ao Brasil, mas foi convencido pelo paciente famoso a acompanhá-lo. Daí tanto carinho do jogador, que fez questão de agradecê-lo publicamente, e do técnico Óscar Tabárez.

“Toda nossa equipe médica, especialmente o doutor Ferreira, não o descartaram. Por isso está aqui e pode fazer o que fez”

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

Ferreira é muito querido pelos jogadores do país. Além de Suárez, atendeu craques como Álvaro Recoba, Diego Fórlan e Pablo Montero. Até Maradona e o ex-tenista americano John Mcenroe passaram pelas suas mãos durante visitas a Montevidéu.

Últimas de _legado_Copa do Mundo