Técnico da Itália assume 'culpa', mas diz que expulsão determinou eliminação

Cesare Prandelli ressalta mudança no jogo após cartão vermelho a Marchisio e diz que Uruguai 'só fez o gol'

Por O Dia

Natal - O cartão vermelho para Marchisio aos 14 minutos do segundo tempo mudou a história da partida entre Itália e Uruguai. Cesare Prandelli, por sua vez, vai além e afirma que a expulsão foi o fator determinante para a derrota e eliminação italiana da Copa do Mundo. O treinador lamentou o resultado e se mostrou descontente com a punição ao seu jogador, mas descartou qualquer tipo de responsabilidade sobre os atletas da Azzurra.

LEIA MAIS: Notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Eu assumo a culpa por todo o projeto italiano até agora. A expulsão determinou a derrota. Uruguai não fez nada, só acertou a cabeçada ao gol. Não vi faltas que precisassem de um cartão vermelho, mas é assim... Se fosse jogado na bola poderia ser diferente", disse.

Prandelli diz que expulsão de Marchisio foi determinante para derrota da ItáliaReuters

A partida agitada que marcou a Arena das Dunas nesta terça-feira, no entanto, foi vista como boa pelo técnico italiano. O esforço da equipe italiana é o ponto positivo que fica após a despedida do Mundial, fato que deixa a Azzurra totalmente decepcionada.

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

"Foi um tipo de jogo que tudo poderia acontecer. Fico feliz porque sei que mantivemos a garra durante todo o tempo e lutamos até o final. Infelizmente as coisas não colaboraram para o nosso lado. É triste por esse momento que a Seleção acaba ficando. Não esperávamos isso da nossa equipe. Mas é bola para frente e manter a cabeça erguida", comentou.

Questionado sobre uma possível demissão do cargo de treinador italiano, Prandelli ainda foi sucinto: "Não temos nada disso".

Últimas de _legado_Copa do Mundo