Técnico da Bélgica descarta ideia de ter um time titular pré-estabelecido

Marc Wilmots diz confiar nos 23 jogadores que levou à Copa e explica que pretende usá-los de acordo com o adversário

Por O Dia

São Paulo - Não existe um time titular na seleção da Bélgica. Todos os 23 atletas convocados para a Copa do Mundo contam com a confiança do técnico Marc Wilmots, que define a formação inicial sempre de acordo com o que acredita se encaixar melhor diante do adversário que terá pela frente.

VEJA MAIS: Confira a tabela e a classificação da Copa do Mundo

Wilmots garante confiança no grupo belgaEfe

"Tenho 23 jogadores, seria estúpido da minha parte não usá-los se eles forem os ideais para serem usados diante de um oponente em especial", disse Wilmots neste domingo. "Meu time titular nunca é o mesmo porque o adversário nunca é do mesmo jeito do que aqueles que encaramos antes", completou.

Wilmots gosta de mexer no time também durante as partidas, mas explicou que prefere evitar fazer isso nos momentos derradeiros. "Muitos duelos são decididos nos últimos 15 minutos, mas não faz muito sentido colocar um jogador nos minutos finais porque ele não terá muito tempo para entrar no ritmo do jogo. Com uma hora de partida, um atleta pode entrar em campo e dar um novo fôlego quando os oponentes começarem a ficar cansados, além de ter tempo de entrar no ritmo do jogo", afirmou o comandante belga.

Depois de ter vencido todos os três jogos que fez e se classificado para as oitavas de final em primeiro lugar no Grupi H, a Bélgica encara os Estados Unidos na terça-feira, em Brasília.

Últimas de _legado_Copa do Mundo