Eliminado, Deschamps deixa o campo enaltecendo atuação de jogadores

Treinador francês lamentou gol na bola parada

Por O Dia

Didier Deschamps gostou da atuação de seus comandadosReuters

Rio - A França perdeu por 1 a 0 para a Alemanha e deu adeus ao Mundial no Brasil. Com um gol do zagueiro Hummels, no primeiro tempo, os alemães avançaram para a semifinal da Copa do Mundo.

Depois da partida, o treinador Didier Decschamps elogiou o desempenho dos franceses e lamentou o gol de bola parada.

LEIA MAIS: Confira notícias e bastidores da Copa do Mundo

"Acho que a gente fez o que tinha que fazer para mexer com eles. A Alemanha é um equipe que tinha mais experiência do que a nossa equipe e que administrou muito bem essa vantagem de um gol em um lance de bola parada. Nós tínhamos um déficit neste tipo de lance por conta da altura dos nossos jogadores em relação a eles. Mas tentamos de tudo até o último lance com Karim Benzema", disse o técnico Didier Deschamps.

O duelo no Maracanã foi marcado pelo equilíbrio alemão. Depois de abrir o placar, os alemães administraram o resultado sem correr grandes riscos na partida.

"A gente não esperava um jogo fácil, nem por um lado nem do outro. Pelo fato de eles terem aberto o placar cedo, nós tivemos de correr para empatar e o Neuer fez grandes defesas. Nós paramos aqui, mas tínhamos grande ambições de ir mais longe", comentou o treinador francês.

Um dos melhores jogadores da França, o meia Mathieu Valbuena também deixou o gramado do Maracanã lamentando a eliminação para os alemães.

"Eles não tiveram muitas chances e levaram sorte na bola parada. Estamos abatidos, queríamos ir até o fim, mas não conseguimos", analisou Valbuena.

A França será sede da próxima edição da Eurocopa, que acontecerá em 2016. Por conta disso, os franceses não vão participar das eliminatórias do torneio, que começam neste ano.

Últimas de _legado_Copa do Mundo