Promessa de jogão! Brasil x Colômbia agita a Arena Castelão

Duelo entre Neymar e James Rodríguez é uma das atrações

Por O Dia

Ceará - O Brasil tem mais um desafio na caminhada rumo ao hexa. O rival agora é a Colômbia, na Arena Castelão. O duelo promete. De um lado, Neymar, esperança brasileira, de outro, James Rodríguez, artilheiro da Copa do Mundo e fera do time rival.

Brasil x Colômbia vai agitar a Arena CastelãoRodrigo Stafford

A seleção brasileira tem uma novidade: Maicon. O técnico Felipão barrou Daniel Alves. Paulinho fica com a vaga do suspenso Luiz Gustavo. O time que entra em campo é o seguinte: Julio Cesar; Maicon, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Oscar; Hulk, Neymar e Fred.

GALERIA: Beleza feminina no duelo nas arquibancadas do Castelão

A escalação da Colômbia é: Ospina; Zúñiga, Zapata, Yepes e Armero; Carlos Sánchez, Guarín, Cuadrado e James Rodríguez; Ibarbo e Teófilo Gutiérrez. Técnico: José Pekerman.

Equipes em campo. Os hinos nacionais serão executados e a bola vai rolar para o segundo jogo das quartas de final da Copa do Mundo. Torcida brasileira volta a dar show durante o Hino em Fortaleza e equipes já se preparam para o começo da partida no Castelão.

Colômbia dá o pontapé inicial e a bola rola em Fortaleza. Menos de um minuto de jogo e Marcelo sofre a primeira falta da partida. Brasil tenta implementar uma forte marcação na saída de bola colombiana e conquista boa falta na intermediária. Neymar corre para a cobrança, mas manda sem perigo para o goleiro Ospina.

GOOOOOL: O capitão brilhou. Brasil cobra escanteio para a área e Thiago Silva escora com a coxa para abrir o placar no Castelão.

Thiago Silva abre o placar e corre para comemorar no CastelãoDivulgação

Colômbia busca o ataque e tenta a resposta. Na jogada de maior perigo, Julio Cesar salva com a ponta dos dedos e manda para escanteio. Sem problemas, a zaga afasta a bola da defesa brasileira.

Do outro lado do Brasil o gol também foi comemorado. Após garantir a classificação para as semifinais ao vencer a França por 1 a 0, o volante Schweinsteiger também deixa clara a torcida pela seleção brasileira através do Twitter. É festa por todos os cantos do país.

A Colômbia tenta sair para o jogo, mas não consegue criar boas jogadas ofensivas. Pelo lado brasileiro, o lado esquerdo era o mais acionado o goleiro Ospina salvava os sul-americanos a cada lance de perigo da equipe de Felipão.

O Brasil começava a ensaiar um total domínio da partida. A cada ataque colombiano, a Seleção conseguia controlar o jogo e evitar qualquer tipo de destaque para o temido James Rodríguez. Na melhor jogada colombiana no primeiro tempo, o camisa 10 cobra falta perigosa mas acaba acertando a barreira.

Numa grande chance nos últimos minutos do primeiro tempo, Neymar corre para cobrar falta, mas acaba mandando por cima do gol de Ospina. As faltas aconteciam dos dois lados, mas nada além disso aconteceu antes do apito do árbitro para terminar a primeira etapa. 15 minutos de descanso oara as equipes presentes em Fortaleza.

Brasil faz jogo duro e anula sistema ofensivo da Colômbia no primeiro tempoReuters

Equipes retornam para o gramado e só a Colômbia mexe na equipe: vai começar o segundo tempo no Castelão. Seleções voltam para o jogo buscando o ataque e partida retorna truncada em Fortaleza. A primeira grande chance do segundo tempo foi aos seis minutos mas, após cobrança de falta de Neymar, a bola acabou resvalada e sobrando na linha de fundo.

Se o jogo continuava complicado com a bola rolando, demorou cerca de 12 minutos para a Seleção contar com o primeiro susto no jogo. Após dividir com atacante colombiano, o capitão Thiago Silva acabou ficando caído sentindo dores no joelho esquerdo. O fato, no entanto, não impediu o atleta de retornar para a partida.

O Brasil arriscou chegar mais forte no ataque, mas o saldo não foi positivo. Após não conseguir balançar a rede na cobrança de falta de Neymar, o capitão Thiago Silva acabou recebendo o segundo cartão amarelo na Copa após atrapalhar a reposição de bola do goleiro Ospina e não disputará a semifinal caso a Seleção garanta a classificação.

Na jogada seguinte, a Colômbia ficou perto de empatar o placar. Após a bola levantada, um bate-rebate figurou a área brasileira, mas quando Yepes balançou a rede, o árbitro já havia assinalado o impedimento na jogada colombiana. Segue 1 a 0 no Castelão...

GOOOOOL: Não demorou muito para o resultado ser alterado. Uma falta de longa distância dava ao Brasil mais uma chance de levar perigo ao goleiro Ospina. David Luiz foi o responsável pela cobrança e acertou um chute perfeito para ampliar a vantagem brasileira. 

David Luiz marca e amplia a vantagem brasileira no CastelãoReuters

Após ampliar a vantagem, o que o Brasil não esperava era a mesma postura colombiana. E, para piorar, Julio Cesar sai para evitar gol dos rivais e acaba cometendo pênalti aos 33 minutos. James Rodríguez vai para a bola, desloca o goleiro e diminui para os sul-americanos: o camisa 10 ainda abre vantagem na artilharia da Copa, tendo anotado o sexto gol no Mundial. 2 a 1 no placar...

Após sofrer o gol, Felipão resolveu mudar a equipe e promoveu a entrada de Ramires no lugar de Hulk. A segunda mudança não prometeu grandes mudanças no time e o volante Hernanes entrou no lugar de Paulinho. No lance seguinte, Neymar ficou caído no chão após receber uma joelhada nas costas. O craque deixou o campo de maca e deu lugar ao zagueiro Henrique.

O árbitro assinala cinco minutos de acréscimos e a adrenalina sobe ainda mais na Arena Castelão. Nada mais muda o jogo. Vitória do Brasil e, agora, que venha a Alemanha...

Últimas de _legado_Copa do Mundo