Fla descarta contratação de Insúa, mas observa o mercado sul-americano

Vice de futebol do Rubro-Negro, Wallim Vasconcellos, afastou qualquer possibilidade de de contratação do meia argentino de 33 anos

Por O Dia

Rio - A diretoria do Flamengo quer levar à sério a política de austeridade financeira e evitar gastos excessivos e com pouco retorno financeiro. É o que deixa bem claro o Vice de Futebol do time da Gávea, Wallim Vasconcellos, que negou qualquer chance de contratação do meia argentino Insúa, como foi noticiado pelo jornal "Olé" na manhã deste domingo.

"Jamais houve contato com Insúa, clube, empresário nem nada. Ele tem 33 anos, e ouvi dizer que pagaríamos US$ 5 milhões, por volta de R$ 13 milhões. Isso não existe. No máximo se pega um jogador de 33 anos com passe livre, faz-se um contrato de dois ou três anos. É investimento que se faz agora e que a gente não consegue recuperar na frente. Mesmo que fosse verdade, não pagaríamos esse valor por um jogador dessa idade. Deve se tratar de um bom jogador, mas posso desmentir. Não consta na nossa lista", disse o dirigente em entrevista à Rádio Tupi.

Insúa não irá defender o Flamengo em 2014Efe

Mesmo com essa política, o mandatário do time da Gávea disse que o Fla está de olho no mercado brasileiro e da América do Sul também, para trazer reforços para o time.

"Estamos analisando o mercado do Brasil, mas da América do Sul também agora que foi ampliado para cinco o limite de estrangeiros por equipe. Estamos de olho no mercado sul-americano", finalizou.