Flamengo falha em escanteio de novo e perde para a Ponte Preta em Campinas

Rubro-Negro cai uma posição na tabela e não terá Guerrero na próxima rodada, quarta-feira, contra o Atlético-PR, no Maracanã

Por O Dia

São Paulo - Na sexta-feira, Cristóvão Borges reclamou das críticas e deixou no ar uma possível perseguição ao trabalho dele no Flamengo. Os questionamentos devem aumentar após a derrota para a Ponte Preta, neste domingo, por 1 a 0, no Moisés Lucarelli. No intervalo, Cristóvão lançou um volante e voltou ao esquema com três defensores. O castigo foi um gol de bola parada pelo segundo jogo seguido.

Guerrero passou em branco e viu o Flamengo perder para a Ponte PretaEstadão Conteúdo

O Flamengo, pelo segundo jogo seguido, não conseguiu manter o nível de atuação de um tempo para o outro. Na etapa inicial, com dois volantes e Alan Patrick, o Rubro-Negro foi superior e acertou a trave duas vezes. No segundo tempo, porém, pecou novamente em jogada aérea. Neste momento, jogava com três volantes. Depois, foi difícil buscar o empate...

A Ponte Preta, por sua vez, acaba com uma série de sete jogos sem vitória. O clube teve a estreia do técnico Doriva. A última derrota da Macaca para o Flamengo no Moisés Lucarelli foi em 1999, pela Copa do Brasil. O clube de Campinas, agora, tem 22 pontos e passou o Fla e o Internacional na tabela do Brasileiro: está em 10º.

O Flamengo caiu na tabela e está na 13ª colocação, com 20 pontos. Cristóvão vai sofrer com críticas e ainda terá um desfalque de peso na próxima rodada: Guerrero, suspenso. Por sinal, foi a primeira derrota do atacante com a camisa rubro-negra. Na quarta-feira, às 19h30, o Flamengo recebe o Atlético-PR, no Maracanã. A Ponte Preta volta a campo na quinta-feira e terá mais um jogo em casa: vai encarar o Avaí, às 19h30.

O jogo

Paulo Victor, com um edema ósseo no tornozelo direito, desfalcou o Flamengo, que tomou a iniciativa e logo assustou com Sheik. Ele recebeu na entrada da área e chutou com força, mas a bola foi por cima da meta de Marcelo Lomba. A Ponte respondeu logo em seguida. Após bola nas costas de Pará, Bady apareceu na frente de César. O goleiro salvou o clube carioca. O Rubro-Negro era superior e tinha mais posse de bola. Faltava criar. A oportunidade surgiu em bola parada. Alan Patrick cobrou falta pela direita. Guerrero ganhou pelo alto e acertou a trave.

O lance deu ainda mais ânimo ao Flamengo. O Rubro-Negro quase chegou ao gol. Guerrero fez jogada pela esquerda e cruzou para Sheik. A tentativa de calcanhar parou no próprio Guerrero. O Fla ainda pegou o rebote e pressionou, mas a Ponte se safou. A resposta foi em contra-ataque. Felipe Azevedo se livrou da marcação, mas foi travado na hora do chute. A bola foi para fora.

O Flamengo parou na trave mais uma vez. Jorge roubou a bola, avançou e tocou para Everton. O cruzamento do meia achou Emerson, que se livrou da marcação, mas chutou na trave. No rebote, Guerrero emendou para fora. O Rubro-Negro não aproveitou a maior posse de bola e a superioridade no jogo.

O clube carioca voltou para o segundo tempo com uma mudança. Luiz Antonio entrou na vaga de Alan Patrick. O gol quase saiu aos três minutos. Márcio Araújo lançou Guerrero. O atacante chutou com força, mas Lomba espalmou. O Fla, mesmo com três volantes, continuou superior. Luiz Antonio apareceu pela direita e emendou. A bola, com perigo, foi para fora.

Depois, Jorge fez jogada pela esquerda e cruzou para Sheik, mas ele não conseguiu completar para a rede. O castigo não demorou. Em cobrança de escanteio, César não saiu do gol, Wallace não acompanhou e permitiu a cabeçada de Pablo. A bola desviou em Márcio Araújo antes de entrar: 1 a 0. Em desvantagem, Cristóvão colocou o time para a frente. Gabriel entrou no lugar de Márcio Araújo. De nada adiantou. O Flamengo buscou o empate, mas a Ponte segurou o resultado.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1X0 FLAMENGO

Estádio: Moisés Lucarelli
Árbitro: Jailson Macedo Freitas
Gol: Pablo (Ponte Preta, aos 25' do 2ºT)
Cartão amarelo: Pablo e Elton (Ponte Preta) e Everton, Jorge, Luiz Antonio e Guerrero (Flamengo)
Cartão vermelho: -

PONTE PRETA: Marcelo Lomba; Rodinei, Renato Chaves, Pablo e Gilson; Josimar, Fernando Bob e Bady (Cesinha, aos 11' do 2ºT); Felipe Azevedo, Biro Biro (Elton, aos 34' do 2ºT) e Borges (Diego Oliveira, aos 21' do 2ºT); Técnico: Doriva.

FLAMENGO: César; Pará, César Martins, Wallace e Jorge; Márcio Araújo (Gabriel, aos 30' do 2ºT), Canteros e Alan Patrick (Luiz Antonio, no intervalo); Everton, Emerson Sheik e Guerrero; Técnico: Cristóvão Borges.