Cristóvão afirma entender irritação da torcida: 'Todos queremos resultados'

Flamengo voltou a ser derrotado, dessa vez para o Palmeiras

Por O Dia

São Paulo - Na partida contra o Palmeiras, o Flamengo até teve momentos de bom futebol, chegou a ficar na frente, mas voltou a ser derrotado no Brasileirão. Com uma campanha cheia de oscilações, o Rubro-Negro está na metade da tabela. Em entrevista coletiva, após o duelo, o treinador Cristóvão Borges afirmou que entende o momento de irritação dos torcedores do clube carioca.

Cristóvão BorgesDivulgação

"Não dá para pedir paciência. Não tem como. Todos nós queremos resultados. Mas é um processo de montagem de elenco e requer tempo. Junto com a evolução precisam vir os resultados. Precisamos de mais regularidade. A busca é pelo equilíbrio e isso virá no futuro", disse.

Sobre a escalação da equipe, o treinador falou sobre a dupla de meias, Alan Patrick e Ederson. No jogo deste domingo, o Rubro-Negro começou com o primeiro como titular, no segundo tempo, os dois atuaram juntos. Segundo Cristóvão, no seu planejamento há lugar no time titular do Flamengo para os dois, mas é preciso ter calma com a condição física dos jogadores, principalmente em relação ao ex-meia da Lazio.

"Minha ideia era colocar os dois juntos. O Alan está em forma e com ritmo, sem problema. O Ederson sim, precisa de tempo, porque fez só pré-temporada fisicamente e começou a treinar com bola aqui. Está entrando aos poucos para readquirir a forma e foi bem nos dois jogos", concluiu.