Jayme de Almeida comanda treino fechado e não divulga time do Flamengo

Técnico interino optou por não mostrar qual escalação vai utilizar para a última partida da temporada, no domingo

Por renata.amaral

Rio - Mistério para fechar o ano. É assim que Jayme de Almeida optou por trabalhar no treino desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Sem dar pistas sobre o time que entrará em campo no fim de semana e deixando claro que pode fazer alterações na equipe que vinha jogando, o técnico interino garantiu que a opção por comandar um treino totalmente fechado nesta manhã foi apenas para preservar o elenco.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

"Foi apenas uma preservação. Por isso, fechei. O Flamengo vinha jogando com Kayke. Minha dúvida é atuar com Emerson pelo meio. Ter um time bem rápido na frente. Como não falei aos meninos, não vou divulgar o time aqui", disse Jayme, que completou:

Jayme de Almeida fechou o treino do Flamengo nesta manhãDivulgação

"É algo simples. Ter apenas mais velocidade no ataque, com muita movimentação. Para poder confundir o adversário. Não ter alguém fixo na frente. Não quero inventar nada. Ser o descobridor de algo. Só uma dúvida."

No planejamento para o próximo ano, a palavra de ordem é não oscilar nas competições que disputará. O ano de 2015 servirá como exemplo para que os erros não sejam cometidos.

"Quando o Oswaldo chegou, ganhamos seis jogos seguidos. E depois caímos. É o mesmo grupo, gente. Não é só uma questão de ter jogador. É uma questão de trabalhar e manter a regularidade", afirmou o técnico, que ainda falou sobre a contratação de jogadores:

"Aqui já passaram grandes jogadores, que não foram bem. Outros chegaram sem nome e foram ídolos. É difícil. Temos de procurar acertar. Lógico que nem sempre dá. Tem de ter um perfil. E aí se buscar o jogador."

Se os torcedores rubro-negros ainda esperavam ver Paolo Guerrero em campo neste ano, Jayme acabou com as esperanças. O atacante, que se recupera de uma lesão no tornozelo direito, voltou a fazer atividades no gramado apenas hoje e não deve jogar no fim de semana.

"Ele recém foi ao campo hoje. Está com dores. Nunca tinha convivido com ele. É correto, corre atrás, ótimo profissional. Eu torço para ele. Fez gol logo na estreia, passou agora por essa seca. Está chateado. Com a pré-temporada, vai render mais. Os problemas nos tornozelos foram graves. Ele tem história bonita. Tenho certeza de que vai ter sucesso aqui", concluiu.

O Flamengo vai a campo jogar com o Palmeiras neste domingo, às 17h, no Maracanã. O Rubro-Negro é o 12º colocado, com 49 pontos conquistados.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia