Jorge lamenta vacilo do Flamengo no fim, mas comemora ponto conquistado

Autor de um dos gols do Rubro-Negro no empate por 3 a 3 neste sábado, o lateral confessou um gosto ruim pelo resultado

Por O Dia

Rio - Um dos autores dos gols do Flamengo no empate por 3 a 3 contra o Botafogo, neste sábado, na Ilha do Governador, Jorge lamentou o vacilo da equipe nos 15 minutos finais da partida, mas comemorou o ponto conquistado. Para o lateral ficou um gosto ruim pelo resultado, mas ficou agradado com o clássico e a atuação do Rubro-Negro.

"Primeiro tempo não fomos bem, no segundo voltamos bem melhor do que o Botafogo, infelizmente sofremos dois gols que não devíamos. Deixamos o cara lançar no segundo gol, no terceiro não podemos sofrer gol que o cara sai do meio-campo e aparece lá, mas foi um clássico. Fica o gostinho ruim, mas foi um clássico bom. Estamos de parabéns pela partida e pelo pontinho que fizemos. Queria marcar o gol e vitória", afirmou Jorge.

Jorge lamentou o vacilo do Flamengo no fim%2C mas destacou o ponto conquistado no clássicoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

Já sobre a presença do treinador da seleção brasileira Tite na Arena Botafogo, Jorge admitiu que não sabia que ele estava ali. Convocado constantemente para as equipes de bases do Brasil, o lateral afirmou que não pensa em uma vaga na amarelinha, mas espera um dia trabalhar com o treinador.

"Não tenho que pensar em Seleção e sim ficar bem aqui no Flamengo. Quem sabe um dia posso conhecê-lo e trabalhar com ele".

O empate não foi o ideal para o Flamengo, mas recoloca a equipe no G-4, com 24 pontos, na 4ª posição. O Rubro-Negro agora só volta a campo na segunda-feira (25), para encarar o América-MG, às 20h, no Estádio Kléber Andrade, no Espírito Santo.