Convocadas à Seleção feminina, jogadoras do Flamengo falam em bicampeonato

Karen, Maike e Nathane representaram o Rubro-Negro em uma semana de treinos do Brasil, em convocação feita pela técnica Emily Lima

Por O Dia

Rio - A boa fase vivida pelo Flamengo não se restringe ao futebol masculino. No feminino, o Rubro-Negro conseguiu resultados até mais expressivos no ano de 2016, quando foi campeão brasileiro da categoria. Além disso, o clube cedeu três jogadores para a Seleção Brasileira, convocada por Emily Lima para uma semana de treinos.

As três selecionáveis do FlamengoStaff Imagens/Flamengo

Entre as três atletas convocadas pela treinadora, esteve Nathane, atacante que marcou o gol da vitória brasileira em um jogo-treino realizado na Granja Comary. A atleta é uma das contratadas para esta temporada, e falou sobre a importância de jogar num clube como o Flamengo.

"Ano passado estava no Iranduba e agora vim para o Flamengo, que é um time de expressão e atual campeão brasileiro. Estou muito feliz em estar atuando pelo clube e ainda mais feliz por ter sido convocada pela Emily, foi uma experiência muito boa."

Além dela, a zagueira Karen, que teve oportunidade na Seleção por conta da lesão de Aline Calandrine, do Santos, ressaltou que o objetivo do clube para a temporada atual é voltar a conquistar o título nacional.

"Estou muito confiante pelo que estamos fazendo. Estamos nos empenhando em todos os treinamentos, procurando atender todos os pedidos da comissão técnica e nos esforçando para termos um trabalho de excelência, futuramente chegando entre as principais equipes do Brasil. Lógico que queremos vencer, mas sabemos que o campeonato é longo e difícil. Vamos lutar e brigar para que esse título permaneça com a gente."

A goleira Maike, também convocada para a Seleção, ressaltou que a preparação da equipe feminina do Flamengo vem acontecendo com bastante antecedência, mostrando confiança no grupo.

"O Flamengo vem com tudo para essa temporada 2017 e já está fazendo treinamentos desde o dia 9 de janeiro para o Campeonato Brasileiro, que só começa dia 12 de março. Vai ser um torneio bem disputado. Esse ano surgiram várias equipes novas e com muito potencial, mas o clube vem para brigar e estar entre os melhores."

O Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino terá fórmula nova em 2017, tentando atrair maior público para a competição. Com duas divisões, cada uma com 16 clubes, o torneio prevê dois grupos, nos quais os times se enfrentam, em turno e returno.

Após os confrontos dentro dos próprios grupos, os quatro melhores colocados de cada um deles avança às quartas de final. A partir de então, são disputados jogos de ida e volta, no mata-mata, até a final.