Reintegrado, Cirino volta a ser opção para Zé Ricardo no Flamengo

Se não negociar o atacante até dezembro, o Fla terá que pagar R$ 20 milhões à Doyen, fundo de investimento que o colocou no Rubro-Negro

Por O Dia

Rio - Marcelo Cirino quase deixou o Flamengo no início do ano, mas está de volta e à disposição do técnico Zé Ricardo, após a frustrada e arrastada negociação com o Internacional. Reintegrado na sexta-feira, o atacante voltou a treinar ontem com o grupo no Ninho do Urubu.

Inscrito no Carioca e na Libertadores, Cirino é opção para a sequência da temporada. Como o Atlético-PR, detentor de 50% de seus direitos, dificultou a negociação com o Colorado, ele perdeu a oportunidade de mudar de ares e recuperar a desgastada imagem no Rio.

Diretoria do Flamengo corre para negociar Cirino e tentar evitar um prejuízo financeiroGilvan de Souza / Flamengo

Se não negociar Cirino até dezembro, o Flamengo terá que pagar R$ 20 milhões à Doyen, fundo de investimento que comprou os direitos do atacante ao Furacão e o colocou no Rubro-Negro.