Enderson critica árbitro e afirma que Marcos Jr. será advertido por expulsão

Treinador disse que Tricolor foi prejudicado por arbitragem

Por O Dia

Rio - O treinador Enderson Moreira reclamou bastante da arbitragem na entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira, no Beira-Rio. O comandante admitiu que o Fluminense não fez um bom jogo, mas afirmou que a arbitragem acabou prejudicando o Tricolor no duelo. Além disso, o técnico admitiu que Marcos Júnior. terá a sua atenção chamada depois da expulsão em Porto Alegre.

Enderson Moreira lamentou derrota do FluminenseNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

"As duas equipes não jogaram o que poderiam jogar. Até os 15 minutos, controlamos. Chances de bola parada, uma com o Gustavo Scarpa. O Inter cresceu e ficou equilibrado. No segundo tempo, difícil avaliar. Equilibrado enquanto esteve 11 contra 11. O Marcos Junior foi expulso e terá atenção chamada. Agora, quem a chama do árbitro? Alex fez algo impossível do árbitro não ter visto. Pierre está com a caneca esfolada. Não quero justificar a derrota. Precisamos jogar mais e temos condições. Fico chateado com isso. Por qual motivo não se pode expulsar um jogador da casa. O árbitro deixou passar. Ele tem de ser criterioso. Foi um erro grave. E ainda sofremos um gol no final", afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

No próximo domingo, o Fluminense volta aos gramados contra o Figueirense, no Maracanã, às 16 horas. O Tricolor das Laranjeiras terá os desfalques de Antônio Carlos, Diego Cavalieri, Henrique e Marcos Júnior, que estão suspensos da partida, mas pode contar com o retorno de Fred e de Osvaldo, recuperados de lesão.