Fred perde pênalti, Flu leva virada, é goleado no Maracanã e crise se agrava

Tricolor sai na frente, mas vê o capitão desperdiçar cobrança e Lucas Barrios, com três gols, decide para o Palmeiras

Por O Dia

Rio - A crise que já estava grande no Fluminense, se agravou ainda mais nesta quarta-feira. Após sair na frente do placar com gol de Jean, o Tricolor viu Fred perder pênalti e com show de Lucas Barrios, acabou derrotado pelo Palmeiras por 4 a 1 , no Maracanã, pela 26ª rodada do  Campeonato Brasileiro. A queda livre do Flu no returno parece não ter fim. Já são seis derrotas e um empate nos sete jogos do returno.

FOTOGALERIA: Confira as imagens da partida entre Fluminense e Palmeiras

O Fluminense poderia ter sacramentado a vitória no início do segundo, mas Fred caprichou demais na cobrança do pênalti e colocou para fora. Depois do erro do capitão, o Tricolor foi ladeira abaixo e viu o paraguaio Lucas Barrios brilhar no Maracanã. Vindo do banco, o atacante fez três gols e tornou-se o grande nome da partida. Gabriel Jesus fez o outro gol dos visitantes. 

Fred teve a chance de ampliar o placar para o Flu, mas perdeu o pênalti e viu o Palmeiras virar a partidaErnesto Carriço / Agência O Dia

A derrota mantém o Fluminense na 11ª colocação com 34 pontos. Porém, o Tricolor começa a ver a parte de baixo se aproximar cada vez mais. No próximo sábado, o Flu volta a campo para enfrentar a Ponte Preta, às 21h, no Moisés Lucarelli. Já o Palmeiras se reaproxima do G-4 e salta para 5ª colocação, com 41 pontos. Também no sábado, o Alviverde encara Grêmio, às 18h30, no Pacaembu.


O JOGO

Sob vaias e protestos no Maracanã, o Fluminense entrou em campo pressionado pela torcida para tentar afastar a crise. Logo aos 2, o Tricolor tentou mostrar força jogando em casa. Após cobrança de falta, Antônio Carlos subiu e desviou a bola obrigando Fernando Prass a fazer ótima defesa. Logo na sequência, Gerson também fez com que o goleiro do Palmeiras voltasse a trabalhar.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Após esboçar uma pressão inicial, o Fluminense diminuiu o ritmo e apesar da maior posse de bola, pouco conseguia criar e chegar com efetividade. Aos 26, Fred teve uma chance que ele não costuma desperdiçar. Após tabela de Gerson e Marcos Junior, o meia serviu o camisa 9 sozinho na pequena área, que pegou mal na bola e jogou para fora com o gol todo à sua frente.

Sem força ofensiva, o Palmeiras não conseguia nem mesmo chutar a gol. Já a zaga não segurou a onda e falhou aos 36. Após cobrança de lateral para área, Jackson espirrou o taco na hora de tentar afastar e deixou a bola perfeita para Jean chegar chutando para estufar as redes do Maracanã: 1 a 0 Flu e festa Tricolor no Maracanã. Com amplo domínio, Fluminense só levou um susto no fim do primeiro tempo em finalização de Gabriel Jesus de longe.

Lucas Barrios foi o grande nome do jogo no Maracanã e deixou sua marca três vezesErnesto Carriço/Agência O Dia

Na volta do intervalo, o Palmeiras começou o segundo tempo produzindo muito mais do que na primeira etapa. Nos primeiros sete minutos, Gabriel Jesus e Alecsandro tiveram a chance de empatar a partida, mas pararam nas duas oportunidades em Diego Cavalieri. No primeiro ataque contundente do Fluminense, Cícero invadiu a área e foi derrubado por Fernando Prass. Pênalti para o Flu. Na cobrança, Fred tirou demais do goleiro e mandou para fora.

E a chance desperdiçada por Fred fez falta sete minutos depois. Em boa chegada pela direita, Rafael Marques achou Gabriel Jesus sozinho na área, o atacante se enrolou com a bola mas acabou ajeitando para Lucas Barrios chutar no cantinho direito, sem chances para Diego Cavalieri. 1 a 1 e vaias no Maracanã para o Fluminense. O gol do Alviverde estremeceu a equipe carioca que se perdeu na partida.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

Logo na jogada seguinte, Barrios teve a chance de virar, mas parou em Diego Cavalieri. Acuado em campo, o Flu não conseguia criar nada e nem chegar com consistência no ataque. E acabou sendo punido em falha de Marcos Júnior. O atacante dominou sozinho dentro da área, mas cochilou e perdeu a bola para Gabriel Jesus. O camisa 33 dominou e chutou sem chances para Cavalieri, que estava fora do gol. Virada do Palmeiras e mais vaias da torcida tricolor.

Jean ainda deu esperança de um bom jogo para o Fluminense no primeiro tempo ao abrir o placarErnesto Carriço/Agência O Dia

Logo após o gol, Enderson Moreira fez a terceira substituição no Tricolor e deixou Ronaldinho Gaúcho amargando no banco durante os 90 minutos. Em conflito com a torcida, a opção do treinador do Flu demonstra a falta de prestígio do camisa 10 com o comandante.

Totalmente no ataque, o Fluminense começou a dar espaço na defesa e viu o Palmeiras ter a chance de ampliar a vantagem com Allione, mas Cavalieri voltou a salvar. Mas já no finzinho, Antônio Carlos falho feio e deixou para Barrios marcar o segundo dele na partida. Quatro minutos depois, virou passeio do Alviverde no Maracanã. Após troca de passes com tranquilidade, mais uma vez Barrios apareceu sozinho para fazer o seu terceiro gol e sacramentar a goleada verde no Maracanã. De quebra, o paraguaio agravou ainda mais a crise nas Laranjeiras.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 1x4 PALMEIRAS

Estádio: Maracanã (RJ)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Gols: Jean (Fluminense, aos 36' do 1ºT), Lucas Barrios (Palmeiras, aos 23', aos 44'e aos 48' do 2ºT), Gabriel Jesus (Palmeiras, aos 30' do 2ºT)
Cartões Amarelos: Egídio, Fernando Prass, Thiago Santos (Palmeiras) e Wellington Silva (Fluminense)
Cartões Vermelhos:

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Antônio Carlos, Marlon e Léo Pelé; Edson, Jean (Vinícius, aos 31' do 2ºT), Cícero e Gerson (Osvaldo, aos 30' do 1ºT); Marcos Junior (Michael, aos 34' do 2ºT) e Fred. Técnico: Enderson Moreira

PALMEIRAS: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Victor Ramos e Egídio (Rafael Marques, intervalo); Thiago Santos, Arouca (Allione, aos 22' do 2ºT), Robinho e Zé Roberto; Gabriel Jesus e Alecsandro (Lucas Barrios, 15' do 2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira.