Pequeno grande guerreiro

Tricolor fanático, Pedro Mendonça vive dia de sonho ao lado dos ídolos

Por O Dia

Rio - A visita de Pedro Mendonça, de 6 anos, mudou a rotina de treinos do Fluminense na manhã de quarta-feira. O pequeno, tricolor fanático, viveu um dia de sonho nas Laranjeiras e ganhou um incentivo a mais para o tratamento de um linfoma — câncer com origem no sistema linfático, diagnosticado em julho. Em contrapartida, virou exemplo de superação para o clube do coração deixar a condição de lanterna do returno nas últimas quatro rodadas do Brasileiro.

Pedro Mendonça%2C de 6 anos%2C ao lado de FredNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Ao lado do ídolo Fred, que se recupera de torção no joelho e tornozelo esquerdos, Pedro deu uma lição de vida. Fascinado pelo Fluminense, ele não abre mão de usar a camisa tricolor nem durante o tratamento, garante a mãe, Priscila Mendonça, e o pai, Luciano. Sensibilizado, Marcos Junior prometeu se esforçar para que Pedro tenha muitos motivos para sorrir.

“É uma coisa que mexe com a gente. Uma prima teve a mesma doença. Fico muito emocionado. Espero que ele entre em campo um dia com a gente”, disse.

DIA DE TESTES

Com tempo para trabalhar até o confronto com o Grêmio, dia 19, em Porto Alegre, o técnico Eduardo Baptista promete aproveitar a brecha ao máximo. Ontem, a parte defensiva ganhou mais atenção no treino tático e o esboço da equipe titular teve novidades.

Artur foi eleito o substituto de Marlon, que está na Seleção Sub-23. No meio, os volantes Edson e Douglas foram observados ao lado de Pierre. Marcos Junior e Gerson jogaram abertos pelos lados, enquanto Cícero treinou mais à frente, na função de Vinícius.