Por pedro.logato
Publicado 18/12/2015 20:49 | Atualizado 18/12/2015 20:51

Rio - Após semanas de negociação, o Fluminense finalmente anunciou de forma oficial o apoiador Diego Souza, que estava no Sport Recife, como reforço para o Brasileiro. O apoiador começou a sua carreira nas Laranjeiras e deixou o clube em 2005 para acertar com o Benfica. Após passar por Flamengo, Grêmio, Palmeiras, Cruzeiro, Vasco, o jogador está de volta ao clube que o revelou.

"Estou muito feliz de poder voltar ao clube que sou muito grato por ter me formado. Volto com o desejo de conquistar títulos. Já disputei uma final de Copa do Brasil, fui campeão Carioca em 2005, mas pelo tamanho do clube quero muito mais. O Fluminense tem que estar na briga desses títulos todo ano e chego com essa vontade", afirmou.

Diego Souza é o novo reforço do FluminenseDivulgação

O reencontro com Eduardo Baptista, que comandou o jogador durante quase toda a temporada, pesou na decisão de Diego Souza. O jogador assinou contrato com o Fluminense até o final de 2018. 

"O Eduardo (Baptista) é um grande treinador e que me conhece bastante. Já sei bem o que ele pensa sobre mim e me sinto muito gratificado por voltar a trabalhar com ele agora aqui no Fluminense. Estou feliz de coração, cheio de vontade de chegar logo 2016 e começar logo os trabalhos", disse.

Diego Souza posa ao lado de Fernando Simone e Mário BittencourtDivulgação

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

Quando foi revelado pelo Flu, Diego que ainda não tinha o sobrenome "Souza" incorporado ao seu nome de jogador atuava como volante, agora com 30 anos, o atleta recebe a camisa 10 do Tricolor das Laranjeiras.

"Ficamos felizes que o Diego esteja voltando pra casa e venha ser nosso camisa 10. Um jogador com a cara do Fluminense e com o perfil que queremos para grandes conquistas", afirmou Mário Bittencourt.

A partir do próximo dia 4 de janeiro, data da apresentação do elenco para o pontapé inicial da temporada, Diego Souza adicionará um novo capítulo na história dele com o Fluminense. Na primeira passagem pelas Laranjeiras, o meia entrou em campo 62 vezes, marcou quatro gols e conquistou o título carioca, em 2005.

Você pode gostar