Após vitória no clássico, Fluminense volta suas atenções para o Atlético-MG

Tricolor tem tarefa complicada nesta quarta pelo Brasileirão

Por O Dia

Rio - Nada melhor que a primeira vitória contra um rival em 2016 para levantar o astral. Este é o clima nas Laranjeiras após derrotar o Botafogo por 1 a 0, gol de Fred, em Volta Redonda. Os titulares que iniciaram a partida ganharam um descanso merecido e só fizeram trabalho de regeneração física na academia do clube e depois dando algumas voltas no gramado das Laranjeiras. A novidade foi a presença do meia-atacante Maranhão, que pela primeira vez treinou junto do grupo tricolor

Levir Culpi conseguiu a sua primeira vitória em clássico no comando do FluNelson Perez / Fluminense F.C. / Divulgação

Porém, o time já está de olho no próximo confronto no Brasileirão contra o Atlético Mineiro. Segundo os jogadores, esta é uma oportunidade para embalar de vez na competição e se manter na parte de cima da tabela.Para a partida o Fluminense já tem dois desfalques confirmados: Wellington Silva e Pierre. O Lateral ainda não se recuperou da lesão na coxa esquerda e segue fora dos titulares. Já o volante que saiu contundido no primeiro tempo do clássico também não irá reforçar o time contra o Atlético Mineiro. Quem não apareceu no gramado das Laranjeiras foi Henrique. que ficou na academia do clube.

"O Levir ainda não falou muito sobre eles hoje, mas temos que estar muito ligado e com muita atenção porque será um jogo complicado. é um time que joga com muita intensidade e temos que estar sempre ligados, para saber aproveitar os espaços para contra ataque", disse o Lateral Giovanni.

Além da vitória no clássico, quem também está feliz com da vida é o Richarlison. O atacante conquistou Levir Culpi e virou titular da equipe. Ele também celebrou a boa atuação contra o Botafogo. Mas isso não o satisfaz, num clube como o Fluminense a concorrência é grande e não se pode vacilar, se não volta para o banco.

"Sempre tem uma motivação maior, ficar de fora ninguém gosta, e quando eu sair do time eu procurei treinar mais forte e graças a deus consegui essa vaga de novo. Ele fala que marcar o lateral é uma posição muito dificil, mas no jogo do botafogo deu pra pegar um pouco do que ele e falou. eu acho que em cada clube tem a sua concorrência, e aqui no fluminense não é difirente, quem estiver melhor irá jogar", disse.