Abad garante início de venda de ingressos e jogo no Maracanã: 'É a nossa casa'

Presidente tricolor afirma que clube conseguiu o direito de vender entradas para a partida contra o Liverpool-URU, pela Copa Sul-Americana

Por O Dia

Rio - Depois de longo tempo sem informações sobre a venda de ingressos para a partida contra o Liverpool-URU, pela Copa Sul-Americana, o presidente do Fluminese, Pedro Abad, garantiu que o clube conseguiu uma liminar para iniciar a venda de ingressos. Além disso, o mandatário afirmou que o clube não tem outra alternativa além do Maracanã.

Pedro Abad disse que Fluminense pode mandar mais jogos no MaracanãMailson Santana/Fluminense F.C./Divulgação

Em entrevista coletiva, Abad explicou a situação que envolve o clube e atrapalhou a venda de ingressos. Por conta de uma liminar, o consórcio que administra o Maracanã está obrigado a ceder o espaço para a realização do jogo. O presidente falou sobre a relação com o Maracanã SA e afirmou que o clube apenas buscou seus direitos.

"Conseguimos a liminar para jogar a partida contra o Liverpool no Maracanã. Conseguimos uma terceira decisão para o Fluminense abrir as vendas para o jogo. Em breve, os torcedores conseguirão comprar os ingressos. Entendemos o momento que passa o complexo, tentamos acordos e não chegamos a um acordo comum. Então o clube foi buscar seu direito na Justiça e o juiz concordou."

Em relação à possibilidade de buscar outro local para a estreia na Sul-Americana, Abad foi enfático ao dizer que o Maracanã era o único palco possível para os jogos do Fluminense.

"É óbvio que o Maraca é a casa do Fluminense. O clube já fez incontáveis finais, jogos épicos, Libertadores, Brasileiro, é impensável descrever a história do Maracanã e não falar do Fluminense. Existem jogos que entendemos, uma visão empresarial, que jogos não valem a pena. Sem apelo e que vão gerar prejuízo. Vamos mandar lá quando tivermos o interesse. Uma relação de longo prazo precisa ser interessante."

A partida contra o Liverpool-URU está marcada para a próxima quarta-feira, às 21h45, já confirmada para o Maracanã por conta da decisão judicial.