Com um a menos, Fluminense sofre virada do Goiás no Serra Dourada

Tricolor vai precisar vencer no Maracanã para avançar na Copa do Brasil

Por O Dia

Goiás - Pela primeira vez na temporada, o Fluminense foi derrotado com a sua equipe titular. Em uma partida em que jogou quase todo o segundo tempo inteiro com um a menos, o Tricolor saiu na frente, mas sofreu a virada do Goiás no finzinho da partida, que terminou 2 a 1.

Com o resultado, o Fluminense precisa vencer por 1 a 0 no Maracanã, na próxima quarta-feira, que avança de fase na Copa do Brasil. O Goiás jogará por um empate para se classificar.

Fluminense foi derrotado pelo Goiás por 2 a 1Nelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

O JOGO

O primeiro tempo começou com o domínio total do Fluminense, a equipe tricolor nem parecia que jogava fora de casa. O Tricolor abriu o placar, mas antes do intervalo teve uma desagradável surpresa que colocou o Goiás na partida novamente.

A primeira chance tricolor aconteceu logo no primeiro minuto. Léo cobrou lateral para a área e Henrique Dourado fico livre, porém, o Ceifador furou e perdeu um gol incrível. O atacante reclamou de um toque da zaga do Goiás.

Aos nove minutos, o Fluminense conseguiu marcar. Wellington recebeu belo passe e achou Marcos Junior. O atacante entrou pela esquerda e finalizou sem chances de defesa para o goleiro Marcelo Rangel.

O Tricolor teve domínio da partida, sem criar boas chances até os 40 minutos. Em um raro lance de ataque do Goiás, Carlos foi lançado, Cavalieri se precipitou, saiu da área e deu uma rasteira no jogador esmeraldino. Apesar do drible do atleta do Goiás não ter sido em direção do gol, o arqueiro tricolor foi expulso, deixando o Fluminense com um homem a menos.

O Fluminense voltou para a segunda etapa tentando evitar a pressão do Goiás. Sem conseguir manter a posse de bola, o Tricolor não conseguia marcar bem a equipe esmeraldina, porém, os donos da casa erravam muito, esbarrando na falta de tranquilidade.

Abel Braga colocou Calazães na vaga de Marcos Junior, tentando melhorar a marcação do Fluminense e dar mais velocidade ao time das Laranjeiras. O jovem até tentou, mas o Tricolor seguia sem conseguir puxar um contra-ataque que desse a oportunidade do clube carioca matar a partida.

Só que a luta do Goiás seria recompensada aos 39 minutos. Jean Carlos arriscou de fora da área, a bola tocou na trave de Júlio César antes de morrer no fundo das redes do Fluminense. E dois minutos depois veio a virada. Aylan caiu após choque com Renato Chaves. Léo Gamalho cobrou sem chances de defesa para o goleiro tricolor dando números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
GOIÁS 2 X 1 FLUMINENSE

Local : Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Árbitro : Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Cartões Amarelos : Helder, Patrick, Carlos Eduardo, Michael (Goiás); Pedro, Renato Chaves, Henrique (Fluminense)
Cartões Vermelhos : Carlos Eduardo (Goiás) e Diego Cavalieri (Fluminense)
Gols : GOIÁS: Jean Carlos, aos 38, e Léo Gamalho, aos 42, minutos do segundo tempo;
FLUMINENSE: Marcos Junior aos 9 minutos do primeiro tempo

GOIÁS : Marcelo Rangel, Hélder (Michael), Fábio Sanchez, Everton Sena e Jefferson (Aylon); Victor Bolt (Jean Carlos) Patrick, Tiago Luís e Léo Sena; Carlos Eduardo e Léo Gamalho
Técnico : Sílvio Criciúma

FLUMINENSE : Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Jefferson Orejuela, Wendel e Junior Sornoza (Júlio César); Wellington Silva, Henrique Dourado (Pedro) e Marcos Junior (Marquinhos Calazans)
Técnico : Abel Braga