Scarpa admite estar sem confiança após fratura que o tirou dos gramados

Jogador tricolor precisou ficar três meses sem jogar para se recuperar

Por O Dia

Rio - Vaiado ao ser substituído contra o Grêmio, Gustavo Scarpa ainda sofre para voltar ao alto nível de antes da fratura no pé direito, que o deixou três meses longe dos campos. Sem dor, o apoiador diz estar bem fisicamente — mas não 100% — e admite que ainda lhe falta confiança.

Gustavo Scarpa havia fraturado o pé direitoNelson Perez/ Fluminense F.C. / Divulgação

"Já tenho porte físico pequeno, então, atrapalha. Faço exercícios extras para recuperar. Vou melhorar. Mais uns dois jogos e me sentirei cem por cento fisicamente", disse Scarpa, que pediu o apoio do torcedor: "Tenho de aceitar as cobranças e as críticas. Sempre digo, a maior cobrança é a minha. As vaias atrapalham, mas é um direito que o torcedor tem. O momento é delicado, a gente precisa de ajuda de todo mundo".

A próxima missão do time das Laranjeiras no Brasileirão será o clássico contra o Flamengo, neste domingo. A partida acontecerá no Maracanã, às 16h.