Brasil brilha na ginástica artística: dobradinha no pódio com Hypolito e Nory

No solo, brasileiros faturaram medalhas de prata e bronze

Por O Dia

Rio - Diego Hypolito e Arthur Nory surpreenderam e ganharam medalhas de prata e de bronze, neste domingo à tarde na Arena Olímpica do Rio. Com atuações quase perfeitas, só perderam o ouro para o britânico Marx Whitolock.

LEIA MAIS: Com bronze na primeira Olimpíada, Arthur Nory diz: 'Vim para ser protagonista'

Diego Hypolito comanda dobradinha brasileira no pódioEfe

Logo quando o nome de Diego foi anunciado na arena, ele demonstrava estar muito concentrado, enquanto Arthur Nory era só sorrisos. Antes de pisar no tablado, foi ovacionado pela torcida, aos gritos de " Vai, Diego". E ele foi. Se jogou no solo, fez acrobacias perfeitas, demonstrando segurança e exorcizou de vez seus fantasmas de Pequim-2008 e Londres-2012, quando caiu e perdeu chance de subir ao pódio. Saiu emocionadíssimo e vibrando muito. O primeiro abraço foi para o técnico Marcos Goto, sob os gritos de reconhecimento da torcida. A nota 15.533 o deixou em segundo lugar.

LEIA MAIS: Diego Hypolito relembra tropeços e se emociona: 'Dessa vez eu caí de pé'

Com apenas 22 anos%2C Arthur Nory conquistou medalha de bronze na sua primeira OlimpíadaEfe

Nory também impressionou, com uma série quase perfeita de mortais e muita criatividade. Ele empolgou e comemorou muito a sua apresentação, a nota 15.433 o manteve em terceiro até o fim. Com a divulgação da última nota, a arena foi ao delírio. Abraçados, os brasileiros pegaram a bandeira nacional e exibiram orgulhosos para todo o mundo.

?Festa no pódio

A premiação foi de arrepiar. Enquanto as medalhas não eram entregues, os brasieleiros se mexiam ansiosos à espera do maior prêmio da carreira. Quando Nory recebeu o bronze era a felicidade em pessoa. Ele brincou com o peso da medalha e ficou olhando fixamente para ela. Depois foi a vez de Diego, que não conseguia conter o choro. Após quebrar o protocolo, ele desceu do pódio para dar o mais carinhoso dos abraços em Nory. A festa estava quase completa.

Dobradinha brasileira no pódio da ginástica artísticaEfe

Se o hino ouvido no estádio foi o da Inglaterra, a torcida brasileira deu um jeitinho e não deixou por menos. Cantou à capela o Hino nacional. Agora sim a festa foi completa. Uma tarde para a ginástica brasileira nunca mais esquecer.

Carinho da família

A primeira medalha olímpica foi ainda mais especial. Em casa e pertinho da família. Os pais Wagner e Geni e a irmã Daniele Hypolito ficaram emocionados com o feito do ginasta.

Festa em família para a medalha de prata de Diego HypolitoMárcia Vieira / Agência O Dia

"Foi o melhor presente da minha vida", disse Wagner. Que Dia dos Pais.

Geni ressaltou o orgulho do filho, sobretudo depois do que ele passou na carreira. A irmã Daniele seguiu a mesma linha, lembrando o esforço do ginasta e destacou a importância da medalha para a modalidade do Brasil.

Últimas de _legado_Olimpíada